O tópico mais importante sobre Blu-rays importados no Fórum BJC

11072619-1424269404-678753
Filmaço lançado só em DVD no Brasil e com PT-BR na Polônia

O mercado nacional de home video já está no terceiro subsolo do poço. E isso é claro ao observarmos duas coisas: primeiro a ausência de Blu-rays de catálogo nos lançamentos mensais (os últimos que anunciamos para janeiro nem deram as caras). Em segundo lugar (e mais grave), a falta de produções recentes em alta definição, com os estúdios apenas colocando no mercado a versão em DVD. Isso é justificado por muitos ~executivos~ com o argumento da baixa procura do Blu-ray no país, algo que certamente tem vários fatores envolvidos, entre eles o alto preço praticado no lançamento e a falta de um atrativo maior para impulsionar as vendas para o público colecionador, como apresentações diferenciadas e conteúdo completo.

Perante esse quadro desolador do nosso mercado, mais uma vez ficamos sem muita alternativa para adquirir os Blu-rays para nossas coleções. A solução que sempre se apresentou nesses casos é a importação, coisa que volta a ser muito comentada inclusive aqui nos posts do BJC pelos nossos leitores. A cada listão divulgado, mais pessoas ficam revoltadas com a falta de competência das nossas produtoras por não conseguir desatar os nós que elas mesmas criaram. E para importar, muitos desses colecionadores precisam de informações a respeito de regiões e principalmente idiomas. É a partir disso que os leitores do BJC criaram um tópico para trocar essas informações. Segue o link direto para o FBJC:

Importados com PT-BR não lançados por aqui

A ideia aqui é dar mais visibilidade para esse tópico, já que, como sempre digo, a cada dia novos colecionadores vão surgindo. Com isso, a comunidade colecionadora pode utilizar essas informações para ajudar nas compras. Além disso, quanto mais pessoas puderem colaborar com esse acervo, maior ele será e mais útil se tornará.

E para aqueles que ainda não sabem como comprar lá fora, a gente sempre deve lembrar do nosso GUIA DE COMPRAS NO EXTERIOR.

Link para Don’t Breathe em Blu-ray com PT-BR

 dont-breathe-501239.1

Link para enviar sua encomenda para o Brasil via Shipito (em português):

shipito_logo_newec54c9367981.jpg

Categorias: Blu-rayProtestos

Sobre o autor

Jotacê é viciado em DVDs desde 2004 (começou tardiamente, na idade do metal discóide furado). Hoje em dia compra poucos DVDs para investir mais nos discos do raio azul (que coleciona desde 2008). Resolveu ter um site em 2008 para que fosse possível publicar tudo o que pensava sobre os disquinhos lançados no Brasil. E cá estamos nós! Twitter | YouTube | Flickr | Coleção
  • Ricardo Tchelow

    O problema nao e como comprar e sim com que dinheiro vou pagar. Kkkkkk

    • Homem Simpson

      Pergunte ao Temer.

  • GUI

    Alguém que comprou o blu-ray A Garota No Trem, já recebeu em casa?

    Comprei na Livraria Cultura e até agora não me enviaram, esperando o fornecedor…

    • Jesse Reis

      Comprei na video pérola. Recebi Dia 02/02. Minha vantagem é que essa distribuidora fica na mesma cidade onde resido! Filme show, ótima mídia e som Dts-x.

  • ryan

    concordo com o jota , e ainda acrescento algo muito preocupante também , a falta de bluray players no mercado , tanto nas lojas online como nas físicas , o jeito vai ser a gente importar até o aparelho ,eu já disse em outro comentário que o bluray é só pra colecionador mesmo , conheço gente instruída que nem sabe o que é isso , quanto ao dvd acho que a época dele também já se foi ,isso por causa dos streamings, o NOW da NET , downloads , NETFLIX e outros serviços, mesmo se baixarem bem os preços , acho que não vende mais , isso vai ficar só para nós colecionadores , minhas mídias físicas eu não troco por nada

  • Homem Simpson

    Isso tudo justifica o nome “Baronesa”, né?

  • Cletus

    O problema da mídia física a longo prazo, a meu ver, já foi apontado aqui…uma hora ou outra os players deixarão de ser comercializados por aqui em carater definitivo. Ou seja, se quisermos continuar rodando as mídias por muitos anos, cedo ou tarde termos que importar também os aparelhos, torcendo para que eles tenham a retro-compatibilidade com o blu ray atual. Pois caso não tenham esta compatibilidade, as mídias sucumbirão nas prateleiras como pesos de papel.

    • Já começou a luta?

      Xbox One e PS4 são leitores de blu-ray, inclusive em 4K no caso do primeiro. E esses vão estar por aqui para sempre.

  • GUI

    Sim, mas estou me referindo quem comprou o filme citado online…

  • Charles Oliveira Jr.

    Só há uma solução pra esse problema: pararmos de pagar nossos impostos indo pra outro lugar mais civilizado bem longe dessa pocilga!

  • Alexandre Gomes

    Ainda bem que temos a mesma região dos EUA. Quando o dólar baixar (espero que não demore) a solução é voltar a importar, tanto os discos como os aparelhos. Saudade do dólar a R$ 2,00!

  • Vera Lucia Rosa

    Baratinho né! R$ 92.00 + frete + 60% de imposto + 6% de IOF + 12.00 dos correios da retirada, quase ou mais de R$ 200.00 reais fácil!

  • Celio Santos

    Sempre importei da Amazon UK e nunca fui taxado.

    • Cletus

      O Celio está correto, também já comprei na Amazon.uk e não fui taxado. Inclusive o último que comprei lá a loja me mandou duas cópias por engano, e ambas chegaram direto na minha casa, sem taxas. Claro que recusei a entrega da 2a cópia para retornar ao vendedor. Estou no Brasil, mas sou honesto!!

  • Guilherme Da Silva Eda

    Eu achei o Ex Machina no MercadoLivre, versão Steelbook por R$299,90, não pago nem a pau isso.
    Mas se fizer uma busca maior, na própria Amazon acha.
    Por favor, se alguém achar essa OBRA DE ARTE do Alex Garland em Bluray e com PT-BR, me comunique!