Resultado da enquete “Você (ainda) compra Blu-ray 3D?”

Na semana que passou perguntamos aos leitores do BJC quem (ainda) compra Blu-ray-ray 3D. O resultado foi o seguinte:

bjc-pergunta-voce%cc%82-ainda-compra-blu-ray-3d-blog-do-jotace%cc%82-2017-01-11-08-42-18

Dentre os que votaram, quase dois terços ainda compram discos no formato. Porém, a maioria absoluta espera as promoções/surtos para adquirir seus disquinhos (42,34%). Por outro lado, mais de um terço dos leitores que participaram da enquete não compram Blu-ray 3D, sendo que 15% abandonou/desistiu do formato e mais de 22% não possuem nem o equipamento.

Lembrando que mesmo se houvesse um interesse maior pela mídia, a oferta quase nula de painéis 3D no mercado nacional, em conjunto com a dificuldade de se encontrar um mero player, não contribuem em nada com a expansão da base instalada. Juntamos a isso o fato de que os preços da mídia seguem nas alturas, mesmo depois de meses do lançamento, temos a receita para concluir que a própria indústria do entretenimento doméstico sufocou o formato que fez sua estreia em 2010. Já são quase sete anos da chegada do Blu-ray 3D (seis anos dele no Brasil) e, apesar do custo da produção ser idêntico ou muito semelhante ao Blu-ray convencional, muito pouco se fez para mudar esse quadro – sem falar em qualidade, não é mesmo dona Disney Brasil?

E agora, com a chegada do Blu-ray 4K (que não suporta 3D), temos mais uma razão para concluir que a própria indústria realmente não leva muita fé nessa coisa de ver filme com óculos em casa.

Link para os menores preços de Blu-rays 3D na Saraiva:

bjc-bluray3d-titanic

Categorias: Blu-ray

Tags: ,

Sobre o autor

Jotacê é viciado em DVDs desde 2004 (começou tardiamente, na idade do metal discóide furado). Hoje em dia compra poucos DVDs para investir mais nos discos do raio azul (que coleciona desde 2008). Resolveu ter um site em 2008 para que fosse possível publicar tudo o que pensava sobre os disquinhos lançados no Brasil. E cá estamos nós! Twitter | YouTube | Flickr | Coleção
  • gibran

    acho que foi bem resumido por você: “a própria indústria sufocou o formato”…….
    eles deviam ter facilitado o início da tecnologia com preços nas mídias, tvs e aparealho (já que para funcionar deveria comprar os 3)…..ao invés disso tentaram o maior lucro no início e logicamente não vingou….

  • Ogro da Floresta

    Acho que poderia rolar uma nova pesquisa: postar uma lista de um x número de filmes em 3D lançados no cinema e perguntar aos leitores quais foram interessantes e o ingresso mais caro valeu a pena.

    Se não tá rolando um diferencial pagando pra ver na tela grande, quanto mais pra ver um “similar” bem porquinho na tela de casa…

    Eu vejo muitos filmes em 3D no cinema, mas nem sempre quero. As distribuidoras e os complexos, simplesmente, ou não dão a opção do 2D ou ela é muito escassa/não atraente (a versão 2D passa numa sala menor, ou com a projeção ferrada ou, pior, DUBLADA!)

    • Do you bleed ?

      Vdd amigo eu tive q assistir Esquadrão Suicida nessa situação 2d ferrado e DUBLADO

      • vinland

        ES Foi pavoroso ver em 3D nao apenas pelo filme ser ruim, mas o fato de ele ter aquela fotografia escura, o 3D mais atrapalhou do que ajudou. Nunca mais quero ver esse filme.

    • Do you bleed ?

      Quer saber o pior? o Filme…Esquadrão Suicida

    • vinland

      Eu nao assisto Dublado, mas tambem nao me incomoda o filme dublado estar no cinema. Devemos levar em conta que estamos no Brasil, a onde a maioria desconhece ingles. E tambem tem pessoas que preferem dublado. Acho importante na verdade ter as duas copias no cinema, tanto legendado, como Dublado, pra to do mundo poder escolher o que quer, e sair satisfeito do cinema.

  • Phelipe Breves

    No que diz respeito ao 4K, creio que é questão de tempo para sair uma revisão do formato suportando a tecnologia.

    • Anderson Siqueira

      E isso sufocaria o 4K… kkkkk

  • fulvioramos

    como falado, o problema não é a tecnologia é o conteúdo… são poucos os filmes no qual o 3D realmente vale a pena no cinema… imagina na TV pequena…

  • Marcelo Morandini

    Ainda sonho em assistir a filmes que foram realizados originalmente com câmeras e equipamentos estereoscópicos em Blu-Ray 3D, tais como: Tubarão 3D, Sexta-Feira 13 Parte 3, Comin’ At Ya, Amityville 3D, entre muitos outros. Converter para 3D e cobrar mais caro não adianta… e os efeitos não se comparam ao filmado no formato.

  • vinland

    Eu nao compro mais filmes no Brasil, e nem exporto nada pra ca, porque fica um absurdo. Sempre que viajo pra fora, faço minhas compras e esta otimo. Agora aqui nao compro mais, a nao ser que seja algo bem especifico, e caprichado. Se for pra pagar caro, num produto sem qualidade de embalagem, de som (Disney) e imagem ( porque tem BD por ai, que de BD so o nome mesmo, porque a imagem…….) eu admito que prefiro baixar sim !! Ja baixei filmes que tinham muito mais qualidade, do que se vc compra a midia fisica.

  • Tiago Galiza

    O 3D sempre foi uma tecnologia de sucesso momentâneo. Ele aparece, desaparece e reaparece igual a Jason Voorhees.

  • janjaoBHz

    eu tenho toda aparelhagem 3D e compro os filmes nessa tecnologia. meu medo eh que vai que meu player estrague um dia e eu nao consiga consertar e nem comprar um novo. como vou fazer com os blu-rays da disney que soh vem com o disco 3D. to começando a pensar em comprar somente em 2D mesmo.

  • Cletus

    Já mudei de lado e hoje não comprarei mais nenhum filme em midia física. Aprendi a remasterizar áudio e vídeo com qualidade e assim tenho muita flexibilidade de conteúdo no formato de arquivos mesmo, não vale mais a pena ter mídia física hoje, infelizmente. Muito do que eu queria comprar em bluray sequer foi lançado por aqui e no exterior, muitos dos filmes não tinham audio ou sequer legendas em pt-br. Resumindo, midia fisica para mim (bluray/3d/4k/8k e afins) já era.

    • ryan

      se vc é um colecionador de verdade não deveria desistir da mídia física

  • Carlos Gomes

    Uma pena, tenho o equipamento, usei muito pouco, creio que no máximo uns 15 filmes ví em 3D em casa.
    Poucos filmes tem um efeito 3D tão bacana que justifique o preço maior, até no cinema muitas vezes já ví filmes que são 3D só no nome nenhum efeito bacana.