Mais informações sobre a animação O Menino e o Mundo em Blu-ray nos EUA

Em janeiro publicamos um texto sobre a animação brasileira O Menino e o Mundo, elogiada e premiada no mundo todo, mas que só virou notícia no Brasil quando indicada ao Oscar de Melhor Animação em 2016. Na ocasião, o autor reclamou da falta de edições da obra em nosso mercado de home video (o DVD estava fora de catálogo e só voltou às lojas justamente pela indicação ao Oscar; Blu-ray passou longe), da pouca atenção dada pela mídia e pela sociedade, bem como sobre nossa cultura em geral. Choveram críticas ao texto, seu conteúdo, seu teor e seu autor.

bjc-dvd-menino-1

Chegamos a abril e, para mostrar que todo dia é um 7×1 no país do 171, veio o anúncio de que a animação seria lançada em combo de Blu-ray e DVD nos Estados Unidos.

bjc-bluray-menino-1

Pois é. Por aqui mais vale criticar quem critica nossa (falta de) cultura. Enquanto isso, o resto do mundo aprecia nossas obras em alta definição. Agora temos mais informações sobre esta edição, bem como a arte final da capa.

bjc-bluray-menino-2

A produção será apresentada no aspecto de tela 1.78:1, com trilha de áudio em português DTS-HD Master Audio 5.1. Legendas em inglês. Os conteúdos extras:

  • The Making Of Boy and the World
  • Music Video by Emicida
  • Theatrical Trailer

Lançamento enluvado nos primeiros lotes e previsto para 5 de julho, com preço de US$ 19.96. No Brasil? Só devedê. Mas quem se importa? Vem aí mais bebebê…

[Via: Blu-ray.com]

Link direto para a edição na Amazon.com
(envio com rastreio completo pelo frete mais barato)

bjc-bluray-menino-2

 

Categorias: Blu-rayDVDNotícias

Tags: , ,

Sobre o autor

Cidraman é o alter-ego de Leandro Pinheiro, colecionador de DVDs desde 2002, fã incondicional de Star Wars desde sempre. Um saudosista maldito com orgulho. Sua missão é destruir mundos, lutar pelos fracos e oprimidos e acabar com as injustiças que assolam o universo colecionístico.
  • Francis Mariani

    Resumindo: Ódio

  • Angelo Maximo

    Concordo, temos que reclamar sim, não importa se é um título que agrada A ou B (eu, particularmente, não tenho interesse), mas por ser algo que deveríamos ter disponível, principalmente pelo fato de sermos o país de origem da obra. Lamentável.

  • Gonçalo Juvenal

    Pois é. Na época do primeiro post, eu fui um dos que defendeu o autor diante das críticas do pessoal “super antenado” na página do BJC no Facebook. Aliás… “um dos que”, não: acho que fui *o único*, rs.
    Aliás foi justamente por causa daquele artigo e as subseqüentes críticas mimizentas dos pretensos críticos da comunidade que eu resolvi sair do grupo no Facebook.
    Passado algum tempo, percebo que o povo gosta mesmo é de se “fingir de indignado”, porque não vejo o mesmo alvoroço em torno da falta do lançamento deste título em nosso mercado como o que houve criticando o autor…

  • JC

    Enquanto todo mundo continuar comprando DVD para ver em Full-HD….eu não compro mais DVD algum.