QUADRINHOS | Mais títulos chegando pela Panini Comics em 2016!

A Panini Comics começou com tudo em 2016. As principais livrarias já possuem algumas pré-vendas bem interessantes que serão comentadas abaixo:

Miss Marvel: Nova fase da personagem do universo Marvel trazendo a adolescente Kamala Khan como protagonista. Série muito elogiada lá fora devido aos temas polêmicos que traz aos leitores. Pense numa história que combina uma adolescente de 16 anos, muçulmana, imigrante do Paquistão, vivendo nos Estados Unidos que descobre poderes sobrenaturais. Muito recomendado. Lembrando que essa primeira edição saiu em dois formatos: capa dura, vendida em livrarias e capa cartonada, vendida em bancas e comic shops.

Crise nas Infinitas Terras: Uma das grandes Crises do universo DC, com certeza a mais emblemática e importante de todas, que redefiniu e reformulou todos os heróis e vilões e que traz reflexos até hoje nas histórias atuais. Relançamento em edição de luxo, 468 páginas e com mais de 100 páginas só de extras.

V de Vingança: Emblemática história criada por Alan Moore e que ficou conhecida mundialmente pela adaptação cinematográfica de James McTeigue e com produção dos irmãos Wachowski. Conta a famosa saga do personagem V numa Londres distópica, dominada por um regime facista. O lançamento atual é com acabamento de luxo em capa dura (pela primeira vez no Brasil).

X-Men – A saga da Fênix Negra: talvez a história mais importante dos X-Men nos quadrinhos junto com Dias de um Futuro Esquecido (comentado AQUI), e que inspirou o enredo do filme X-Men 2. Conta a saga da mutante Jean Grey e a entidade Fênix, uma das mais poderosas do Universo numa missão que coloca em risco a vida de todo o Universo. Também sai em acabamento de luxo com capa dura.

Ta aí mais uma vez a Panini trazendo ótimos títulos que deixam nós, colecionadores de quadrinhos muito felizes!

Link para as pré-vendas da Panini na Saraiva:

 

Categorias: NotíciasQuadrinhos

Sobre o autor

  • Homem Simpson

    Faltou, na listagem acima, citar o lançamento de “Promethea – edição definitiva”, também de Alan Moore, que, de longe, foi a melhor edição do fim de 2015.