ESPECIAL | BJC na CCXP 2015!

Cá estamos nós para mais uma cobertura da CCXP!

Desta vez o ano é 2015 e talvez a palavra que melhor descreva o que foi esse evento é: surpreendente.

A segunda  edição da Comic Con Experience, que aconteceu entre os dias 03 e 06 de dezembro no pavilhão da São Paulo Expo realmente deu o que falar. Mais de 130 mil pessoas passaram por lá, foi realmente grande. Vou contar um pouco do que foi a minha experiência pessoal, lógico que muita gente pode concordar e discordar, quero a opinião de vocês ai nos comentários. Irei dividir a resenha em alguns tópicos principais:

– Organização: com certeza foi um dos pontos altos na minha opinião. Logo na entrada, que era feita num prédio separado do pavilhão, já se percebia muitas grades enfileiradas para não haver problemas com fila e a própria entrada no evento era bem fácil, rápida e tranquila. Lá dentro, um balcão de informações logo na entrada com um guia com a localização e resumos de todas as atrações, painéis e etc. Além disso, havia funcionários da feira em toda grande aglomeração de pessoas (como as constantes filas por exemplo), sempre auxiliando e organizando da melhor maneira possível. Alguns pontos negativos claro, como todo evento desse porte, foram alguns tipos de eventos em que faltou uma organização melhor, como por exemplo na entrada do auditório onde iriam acontecer os painéis, muita gente não conseguiu entrar ou nas filas de autógrafos de alguns famosos em que a organização foi falha e muitas vezes os próprios fãs tinham que se organizar para não ocorrer tumulto. Talvez os dias mais críticos tenham sido sábado e domingo, quando havia dificuldades para se alimentar, ir ao banheiro e até para locomoção nos corredores devido ao grande contingente de pessoas.

– Atrações: talvez seja isso que defina uma Comic Con de respeito. E a nossa com certeza está de parabéns nesse quesito. Grandes personalidades do cinema e TV como Adam Sandler, Terry Crews, Evangeline Lilly, Misha Collins,  além dos novos queridinhos do seriado Jessica Jones Krysten Ritter e David Tennant, entre outros estiveram presentes, alguns talvez só passando pelo tapete vermelho e participando de painéis, outros tirando fotos, dando autógrafos e interagindo mais de perto com os fãs.  Na parte de quadrinhos, pode-se destacar pelo menos três grandes nomes: Mark Waid (escritor de O Reino do Amanhã), Jim Lee (desenhista da DC e Image) e o mítico Frank Miller (escritor que redefiniu os personagens Batman com Cavaleiro das Trevas e o Demolidor), além de muitos outros destaques, muitos deles expondo seus trabalhos na Artists Alley, lugar da feira destinado aos quadrinistas, nos mesmos moldes das feiras internacionais. Acho que não faltaram opções para os fãs irem ao delírio. Além disso, não posso esquecer  de citar os Cosplayers, que deram um show a parte, sempre muito bem humorados e com fantasias muito bem feitas, esse foi um ponto que surpreendeu muito também.

– Estandes: o espaço dos estandes praticamente dobrou de tamanho, foi algo realmente demais. Grandes estúdios de cinema como FOX, Universal, Sony, Disney (dividido em Star Wars, Marvel e animações), Warner, que trouxe os figurinos originais de Batman x Superman, além de Netflix e muitas outras marcar (Hasbro, Hot Wheels, etc) montaram estandes gigantescos com atividades interativas bem interessantes no geral, além de suas próprias lojinhas temáticas. É claro que as filas foram o ponto forte dos estandes. Simplesmente não havia espaço útil para todos e para simplesmente entrar na loja temática de Star Wars por exemplo você teria que esperar no mínimo uns 30 minutos na fila. Além dos grandes estandes, a parte de lojas também estava recheada, principalmente com lojas de figuras de ação e estátuas, mas com uma novidade esse ano que foi o estande da Saraiva, o único que vi que estava vendendo DVDs e Blu-Rays na feira. Grandes editoras não poderiam faltar como a Panini, vendendo comics e lançando volumes exclusivos na feira, bem como a querida Aleph que com certeza tinha o estande mais lindo de todo o evento! Uma reprodução da cantina Mos Esley de Star Wars! Com direito a banda e tudo! Foi demais.

– Colecionáveis: acredito que esse seja o ponto de maior tentação de todo nerd que entra nesse tipo de evento. É praticamente impossível não querer levar aquele boneco ou estátua da sua série ou filme favorito. Praticamente todos os presentes estavam com um sacola na mão, e o que não faltavam eram opções, desde as mais baratas como os Funkos, até grandes estátuas dos Transformers por exemplo. Além disso, no estande especial da Iron Studios / Pizii Toys estavam expostas diversas linhas de estátuas e figuras de ação, além da venda dos itens colecionáveis exclusivos da feira. Ouvi muitas pessoas reclamando de preços e realmente os valores variavam muito entre uma loja e outra, o ideal era pesquisar, pois vi muitas opções com preços realmente superfaturados.

– Resumo Final: Como tinha antecipado na cobertura do ano de 2014 (LINK), o evento tomou um rumo sem volta. Praticamente dobrou de tamanho, trouxe muito mais pessoas do que no outro ano, além de aumentar o número de atrações e estandes. Os deslizes foram mais na parte de organização do evento, que talvez não tivesse esperando esse contingente enorme de nerds ensandecidos, o que acarretou algumas falhas operacionais. Novamente a parte de venda de DVDs e Blurays foi praticamente inexistente, somente com o estande da Saraiva vendendo alguns poucos títulos e com preços mais caros do que encontramos na internet por exemplo. Talvez fique a sugestão para principalmente os estúdios trazerem mais esse tipo de material, ou quem sabe estandes específicos para esse tipo de mercado (já imaginaram um estande da Versátil lá dentro?). Mais uma vez a parte de figuras colecionáveis e quadrinhos foram o carro-chefe da feira, bem como os convidados de peso, que fizeram da CCXP 2015 um evento para ficar na história e nas mentes dos nerds brasileiros presentes.

Parabéns a todos os envolvidos! Com toda a certeza nos veremos em 2016!

Link direto para as pré-vendas em Blu-ray na Saraiva:

 

Categorias: DestaqueNotícias

Tags: ,

Sobre o autor