VÍDEO | MOGLI em Blu-ray redublado no Brasil!

Apresentamos no vídeo de hoje a Edição Diamante do Blu-ray de Mogli – O Menino Lobo em Blu-ray no Brasil. A edição chega com um disco e luva simples e, para desespero dos fãs de Disney no país, com a trilha em português com uma redublagem inesperada.

Além do Blu-ray, relembramos a edição em DVD lançada no ano de 2007 com ótima apresentação e dublagem tradicional. Confira:

CONTATO DA DISNEY BRASIL PARA RECLAMAÇÕES:

Link para o Blu-ray de Mogli na Saraiva:

Categorias: Blu-rayVídeos

Tags: ,

Sobre o autor

Jotacê é viciado em DVDs desde 2004 (começou tardiamente, na idade do metal discóide furado). Hoje em dia compra poucos DVDs para investir mais nos discos do raio azul (que coleciona desde 2008). Resolveu ter um site em 2008 para que fosse possível publicar tudo o que pensava sobre os disquinhos lançados no Brasil. E cá estamos nós! Twitter | YouTube | Flickr | Coleção
  • hipercelo

    A edição americana tem o acabamento tão melhor que se recusou a aceitar a redublagem…hehe

    É uma pena a edição Brasileira não ter as belas luvas americanas, pois a arte interna e a imagem no disco é 10!!!

  • SamueldeSouza21

    Só imaginando o quanto a Disney vai cagar no bd de ''a Bela Adormecida'', sem falar no medo de uma possível re-dublagem.

  • eraj1972

    Mais um "caray". Mas assistindo ao video, na comparação entre as dublagens, sinceramente achei legal a nova versão. Não dispenso a dublagem clássica, para mim importantíssima assim como para a maioria dos colecionadores. Mas já tenho o DVD. Assim como o filme dOs Incríveis, e do Karate Kid 1, vou ficar com as duas mídias. Pelo menos tira uma certa sensação de "mais do mesmo" 🙂

  • reinaldojunior

    Por favor, assinem a petição contra a redublagem ou, daqui a pouco qnd implicarem com a qualidade técnica, redublarão até Branca de Neve: http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/290….

    Não custa nada e não precisa do título de eleitor, apesar de existir esse campo lá…

  • reinaldojunior

    Senhores Executivos da Disney no Brasil,

    Venho através deste e-mail expressar minha profunda tristeza por saber que MOGLI foi redublado.

    Não consigo acreditar que isso ocorreu, considerando a enorme qualidade técnica e principalmente dramática (isto é, de interpretação) da dublagem clássica.

    Uma dublagem tão antiga assim, conhecida por tantas gerações, não pode sumir assim de uma hora para outra, sem motivo. Dado que a dublagem anterior já se estabilizou no tempo, seu áudio se equipara ao próprio áudio original! Seria como se hoje a Disney redublasse o áudio em Inglês, um verdadeira excrescência!!!

    E mais: porque é muito antiga a dublagem anterior, sendo as vozes anteriores a própria imagem que temos de Mogli e de seus personagens neste país; considerando que NÃO HÁ NENHUMA INDICAÇÃO DE "NOVA DUBLAGEM" NA CAPA DAS EDIÇÕES NACIONAIS, penso que o consumidor brasileiro tem o direito de exigir seu direito de volta, haja visto ter sido enganado, quando pensava estar comprando Mogli tão qual conhecido em VHS, em duas edições em DVD e mesmo na TV… Eu mesmo iria comprar esta briga na Justiça, mas, felizmente, não adquiri o BD do filme.

    Gostaria de saber o que motivou a decisão de alterar a dublagem deste clássico. Se todos que hoje pensavam em comprar o filme por conhecê-lo ficariam decepcionados, pergunto: a redublagem foi pensada para qual público? Aquele que ainda nem nasceu ou que, nascido, ainda não conhece o filme? Realmente lamentável…

    Por tudo isto, um fato inédito na minha vida de colecionador da Disney: PELA PRIMEIRA VEZ, NÃO ADQUIRIREI UM TÍTULO DISNEY, o qual, além da péssima apresentação (que capa horrorosa), traz essa aberração de dublagem. Penso que, se for só para conhecer a imagem do filme em alta definição, é melhor esperar por ripagem em MKV na internet…

    Espero que reconsiderem esta péssima decisão ou logo estaremos vendo BRANCA DE NEVE, CINDERELA, PETER PAN e tantas outras jóias Disney brilhantemente interpretadas em Português Brasileiro serem descaracterizadas para sempre.

    Bastante indignado e a espera de uma resposta,
    Reinaldo S. Jr.