#DICA – Harry Potter Wizard’s Collection DE VOLTA nos EUA!

NA AMAZON.COM – ENTREGA EM ATÉ 7 DIAS CORRIDOS PELO FRETE MAIS BARATO

Harry Potter Wizard’s Collection (Blu-ray / DVD Combo + UltraViolet Digital Copy)

31 Discos – Opções PT-BR

$199.90

LINK DIRETO

 

[Dica do @Rj_Barbosa valeu!]

Categorias: Blu-rayDicas

Tags:

Sobre o autor

Jotacê é viciado em DVDs desde 2004 (começou tardiamente, na idade do metal discóide furado). Hoje em dia compra poucos DVDs para investir mais nos discos do raio azul (que coleciona desde 2008). Resolveu ter um site em 2008 para que fosse possível publicar tudo o que pensava sobre os disquinhos lançados no Brasil. E cá estamos nós! Twitter | YouTube | Flickr | Coleção
  • Só com um grande desconto assim para compensar um pouco esse imposto antecipado.

  • tiozonurb

    Não entendo ainda pq esse imposto antecipado é de quase 100%. Não deveria ser de 60%?! =/ Ai, desanima, viu!

    • joao_alberto

      60% é só o imposto de importação. Ainda tem o ICMS, que é calculado "por dentro", ou seja, a base de cálculo inclui até o valor dele mesmo. "Tudo junto reunido", dá esses 100% mesmo. A não ser que você more num estado que não instituiu o ICMS nas importações. Nesse caso, acho que depois de um tempo você é restituído da diferença entre o depósito do imposto e o que foi efetivamente cobrado.

      • ronaldotokuno

        Não importa o estado. Aqui, em SP, não tem, mas, mesmo assim, temos de pagar quando compramos pela Amazon US.

        • joao_alberto

          Pois é, mas depois de um tempo eles não devolvem a diferença entre o que você adiantou e o que foi efetivamente pago? Comigo devolveram duas vezes, mas como em SC tem o ICMS, a diferença foi de 1 ou 2 dólares.

          • ronaldotokuno

            Eles nunca me devolveram tal diferença. Mas, quando compro no UK ou DE e sou tributado, pago somente os 60% de I.I.

        • macflii

          Amigo, quando a importação é feito por transportadora incide o ICMS independentemente do Estado. E como disse o colega, é calculado por dentro. $100 + 60% = $160 + 17-18% = $188. A Amazon acaba cobrando em torno de 95-96% sobre o valor total (produto + frete). Então eles cobram um pouco a mais.

          Quando é feito por courrier, portanto, chama-se "remessa expressa", e, apesar de também seguir o RTS (regime tributário simplificado) (paga-se o II, ficando isento do IPI, PIS/PASEP-Importação e COFINS-Importação), a retirada da mercadoria fica condicionada ao pagamento do ICMS.

          IN-RFB 1073/2010:

          Do Tratamento Tributário das Remessas Expressas
          "Art. 16. Os bens procedentes do exterior, quando submetidos a despacho aduaneiro de remessa expressa, estarão sujeitos ao Regime de Tributação Simplificada (RTS) […]

          § 1º O Imposto de Importação (II) será calculado pelo sistema REMESSA, à vista das informações prestadas pela empresa de transporte expresso internacional, com a aplicação da alíquota de 60% (sessenta por cento) sobre o valor aduaneiro do bem, aplicando-se a taxa de câmbio da data do registro da DIRE, independentemente da classificação tarifária.

          § 2º Nos termos da legislação em vigor, são ISENTOS dos seguintes tributos, os bens integrantes de remessa expressa submetidos a despacho aduaneiro com a aplicação do RTS:

          I – Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI); e

          II – Contribuição para o PIS/PASEP-Importação e a Contribuição Social para o Financiamento da Seguridade Social devida pelo Importador de Bens Estrangeiros ou Serviços do Exterior (COFINS-Importação)."
          […]
          "Art. 39. A retirada das remessas expressas pela empresa de transporte expresso internacional do recinto alfandegado, com a finalidade de entrega aos seus destinatários, ficará condicionada:

          II – à comprovação do pagamento do Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS) ou de sua exoneração; "

          desculpem-me pelo longo post.

          • joao_alberto

            Obrigado pela informação.

    • mfritzen

      Como envio é feito por empresas de transporte expresso, também conhecidas como "courier" (UPS, DHL, TNT, etc), então, essas empresas já fazem o desembaraço alfandegário junto à receita federal, por isso o imposto já é cobrado. E não é apenas os 60% do Imposto de Importação. Existem as taxas administrativas dessas empresas e também para alguns estados há a incidência de ICMS. Por isso muitas vezes o imposto sai quase o mesmo valor do produto + frete.

    • tiozonurb

      Ué, mas filmes e livros não eram isentos?

  • joao_alberto

    Essa coleção, que não vem com as versões estendidas do filmes 3-8, é um forte indício que muita gente não coleciona filmes, mas embalagens. Apenas minha opinião…

    • Jotacê

      E qual o problema de colecionar embalagens?

      • ronaldotokuno

        E qual o problema de ele emitir a opinião dele?

        • Jotacê

          Não disse que a opinião dele tinha problema.

          • ronaldotokuno

            Não? Então tá.

            • Jotacê

              Não! 😉

              Só quero saber por que ele (provavelmente) considera colecionar embalagens algo diferente que colecionar conteúdo.

              • joao_alberto

                Nenhum problema em colecionar embalagens. Agora, seguramente, colecionar embalagens é algo distinto de colecionar conteúdo.

                • Cristiano_Leal

                  Exato, é bem diferente.

                  Mas acho que nesse ponto estamos por assim dizer, comparando maçãs com laranjas. Ambas são gostosas, mas são bem diferentes.

                  Veja só, gente, e corrijam-me se eu estiver errado, por favor:

                  Quem coleciona muito mais pelo design e/ou exclusividade das embalagens, tem isso como prioridade, independente do filme. Se o filme for excelente e o Blu-ray/DVD também, ótimo, maravilha! Se não for, a embalagem ganha tranquilamente. Um exemplo que acho perfeito: West Side Story que na versão americana tem uma embalagem belíssima, com livro sobre a produção, e etc e tal, mas que teve uma transferência considerada ultrajante e descuidada por parte do estúdio. Para mim a embalagem dele não será suficiente para eu comprar, a não ser que o preço compense bastante mesmo. Para outras pessoas, basta o design, claro. Quando a pessoa se interessa muito mais pela embalagem, esse é o tesão dela, independente do filme que contenha. Poderá ser uma obra-prima do cinema, ou um mero filme de ação como de um Chuck Norris da vida, que se a embalagem for steelbook, ou giftset, ou madeira, ou artesanato de palha ou seja lá o que for de diferenciado etc e tal, já fica louco pra comprar.

                  E há aqueles também que colecionam pelo conteúdo como prioridade. Eu sou um deles. Mas, se vier numa embalagem com extras a mais que sejam interessantes e que estejam num bom preço que a pessoa possa pagar, então ótimo. Se não vierem, eles preferem um lançamento simples no design da apresentação mas rico de conteúdo. Caso clássico seria O Vingador do Futuro, do Arnoldinho, que saiu meses atrás numa nova edição, numa embalagem padrão de Blu-ray, sem nenhum mimo a mais em termos de design mas é é belíssimo em termos de imagem/áudio e de extras, todos eles legendados, inclusive.

                  Eu mesmo comprei dias atrás o Hitchcock Ultimate Filmmaker Edition, a caixona, que me comeu (por enquanto, se eu escapar do imposto, o que acho impossível devido ao tamanho grande do pacote) cerca de 488 Dilmas. Comprei não só pelo conteúdo dos discos, mas pela apresentação que achei extremamente decente. Mas se fosse o caso contrário, dos discos serem meia-sola em termos de extras, e fosse somente uma caixona pra enfeitar a estante, eu deixaria por lá mesmo.

                  Como eu disse antes: maçãs e laranjas.
                  Abraços.

    • mfritzen

      Essas versões estendidas dos filmes (de um modo geral) valem a pena mesmo? Pois nunca vi 🙁

      São como LOTR que realmente agregam na história?

  • JonathanTeles72

    Jotacê, faz outro Unboxing ( com melhor qualidade) para nós!

    • Jotacê

      Já está na agenda! 😀

  • Darth_Tyranus

    Ainda bem que comprei naquela promoção de junho na amazon UK, com impostos saiu por R$600,00 +ou-.

  • ronaldotokuno

    Pode até estar cara ainda, mas essa edição foi lançada a mais de 350 dólares. Então, vale pela queda do preço. Ainda considero o castelo melhor, mas, como acabou, a Wizards é a melhor disponível.

  • PedreirodoHawai

    Não comprei essa aí mas comprei o malão e acabou de chegar aqui ! Muito lindo ! U$83 no total ! É duro ter que pagar esse imposto antecipado, pois pelo que sei até U$50 doletas não se paga imposto. O Malão custou U$34,99 + U$7,98 de frete = U$42,97 …. pq tive que pagar U$40,87 de imposto? Alguém aí poderia me responder? Valeuuuuu!

    • joao_alberto

      Salvo engano, até US$ 50 não paga imposto se a remessa for entre pessoas físicas, o que, tendo a amazon ou outra loja como remetente, não é o caso. Assim, qualquer remessa da amazon para cá, seja qual for o valor, está sujeita, em tese, ao imposto de importação.

      • PedreirodoHawai

        É, fiquei sabendo agora sobre isso rsrsr… Valeuuuuu!
        Agora é esperar a facada da alfandega nas encomendas da Amazon.UK que ainda estão pra chegar rsrsrrs

        • joao_alberto

          Uma correção. Não é qualquer remessa que está sujeita a tributação. Os livros são imunes.