Box com a quadrilogia Pânico em Blu-ray para AGOSTO no Brasil!

Depois de um inexplicável atraso (o relançamento da franquia foi anunciado no ano passado), finalmente todos os filmes da cinessérie Pânico estarão disponíveis em Blu-ray. A princípio, a Imagem Filmes lançará a quadrilogia em um box com 4 discos, previsto para o dia 3 de agosto; provavelmente as partes 2 e 3 serão vendidas de forma avulsa posteriormente.

Pela imagem de divulgação, imaginamos que o box deve seguir a linha “luva de papelão com 4 estojos HD Case”:

Será que manterão a barra em vermelho? Seria interessante.

O grande mistério é justamente como estarão esses dois filmes. Pânico 4 já sabemos que foi vítima da mutilação, tendo seu aspecto 2.35:1 cortado para 1.78:1, além de vir com áudio DTS-HD High Resolution (com perdas) e não possuir extras. Por outro lado, Pânico recebeu uma edição decente, com imagem no aspecto original, áudio DTS-HD Master Audio (sem perdas) e uma boa quantidade de extras.

Se for seguir o padrão, uma vez que estão saindo imediatamente para o mercado de venda direta, é bem provável que Pânico 2 e Pânico 3 venham com imagem preservada, áudio lossless e extras, da mesma forma que o primeiro filme. Pânico 4, que foi lançado inicialmente para as locadoras, foi (mal) autorado de forma a agradar ao público que não gosta de barras na TV e não se importa com qualidade de som nem extras. Duro é que edições assim acabam indo para o mercado de sell through para evitar uma nova autoração do título.

LEIA TAMBÉM:

Só resta ao colecionador cruzar os dedos e esperar pelo melhor. Assim que tivermos maiores detalhes sobre Pânico 2 e 3, vocês serão informados.

[Dica do leitor Marcelo Rodrigues, valeu!]

Pré-venda da coleção Pânico em DVD e Blu-ray na Saraiva para 3 de agosto:

Na Saraiva você só é cobrado no Cartão de Crédito na data do envio do produto

Categorias: Blu-rayNotícias

Tags: ,

Sobre o autor

Alexandre Prestes era rato de locadora nos anos 80 e nunca se animou a comprar VHS por ser uma mídia de baixa durabilidade. Fã incondicional da boa música, iniciou em 2003 sua coleção com DVDs musicais; só a partir de 2005 passou a comprar filmes e séries. 2009 foi o ano no qual começou a colecionar filmes em Blu-ray, sendo um entusiasta do formato. A coleção continua crescendo (e o espaço diminuindo), cada vez mais a favor de títulos com maior qualidade técnica e fartura de material adicional.