Brasil, mostra sua cara: o (péssimo) tratamento dado às encomendas internacionais

Trilha sonora recomendada para a leitura deste artigo

Todos nós já sabemos  que a Receita Federal está fazendo uma retenção nas encomendas internacionais, principalmente as originárias da Amazon americana, o que está gerando atrasos jamais vistos anteriormente. Por si só, isto já é um transtorno imenso para todos nós que, por diversas razões, adquirimos produtos no exterior. Mas existe um efeito colateral ainda mais grave causado por esta “quarentena”, que veremos a seguir.

O escasso efetivo da Receita Federal já não dava conta do processo normal de liberação de encomendas internacionais. Por conta da Operação Maré Vermelha, muitos funcionários que faziam a análise de pacotes pequenos foram deslocados para a análise de contêineres em portos e aeroportos, a fim de tentar diminuir o tempo de liberação das cargas (sem sucesso, obviamente).

O resultado da falta de pessoal, somada ao crescimento das importações e à política de reter pacotes dos EUA, China e Espanha, teve um resultado fácil de se prever: dia após dia, as encomendas se acumulam, principalmente nos aeroportos. Só que a armazenagem desses produtos retidos não é adequada para garantir sua integridade; por exemplo, no caso dos pacotes deixados ao relento no Aeroporto de Viracopos, em Campinas. As consequências deste descaso são visíveis, como mostram esses vídeos feitos por leitores do BJC:


Calendário ensopado e enrugado [link do canal]


Marilyn Monroe molhadinha, mas mofada e engruvinhada [link do canal]

Realmente é o cúmulo. Como se não bastassem os impostos escorchantes cobrados e a demora absurda para receber, ainda temos nossas encomendas encharcadas, mofadas e destruídas. Pior, ao tentarmos cobrar uma atitude dos responsáveis, nos deparamos ora com o jogo de empurra entre Correios e Receita Federal, ora com um desses órgãos lavando as mãos e fugindo da raia.

O Governo Federal tem claramente uma política de frear as importações, visando equilibrar a balança comercial. Mas se vai fazer isso, teria a obrigação de zelar pelo patrimônio alheio enquanto se encontra sob guarda de um de seus órgãos. Caso não queira lidar com este tipo de responsabilidade, que libere com maior rapidez as encomendas internacionais de pequeno porte, para evitar o acúmulo. Porém, o que acontece? Não se faz nem uma coisa, nem outra.

É um absurdo atrás do outro. Vejamos uma lista com os principais problemas com os quais nos deparamos:

  • Primeiro, a maioria dos produtos que nós colecionadores importamos não são fabricados no Brasil, como steelbooks, gift-sets, digibooks ou itens nunca lançados no país (ou lançados, mas fora de catálogo). A importação de tais produtos não prejudica a indústria nacional, porque sequer existe concorrência, por motivos óbvios.
  • Segundo, discos, filmes e séries de televisão deveriam ser isentos de tributação. Se livros e revistas já o são, por que os itens citados não são? Filmes e música não são apenas entretenimento, mas também expressão da cultura do país onde foram feitos, podendo ser utilizados até nas escolas como apoio aos professores. Baixar os valores desses itens seria bom para o Brasil, não o contrário.
  • Terceiro, se vão tributar tais produtos, que utilizem alíquotas e valores adequados. Por exemplo, na Austrália, apenas itens acima de 1000 dólares australianos (aproximadamente US$ 987) são tributáveis, sob uma alíquota de 10%. Já aqui, a isenção é de ridículos US$ 50, válidos apenas para envios de pessoa física para pessoa física, e uma alíquota de obscenos 60% (em alguns estados, ainda incide o ICMS, totalizando quase 100% de impostos). Será que a indústria australiana é prejudicada com esses valores? Duvido muito!
  • Quarto, aumentem o efetivo da Receita Federal para atender à demanda de importações. As compras pela Internet são uma realidade e a RF precisa se adequar a esses novos tempos. Abram um novo concurso, fechem alguma secretaria inútil e transfiram os funcionários, façam qualquer coisa para que os serviços prestados sejam mais eficientes. Porque continuar desta forma prejudica o país como um todo, pois a indústria nacional também importa insumos e ferramental para produzir.
  • Quinto, querem reter mercadorias para uma melhor fiscalização? Pois então que invistam em infraestrutura para armazenamento. É inadmissível que produtos importados legalmente estejam sujeitos a danos causados por manipulação indevida ou pela ação das intempéries. Não estamos pedindo favor a ninguém, isso é obrigação da RF/Correios.
  • Sexto, assumam a responsabilidade perante o consumidor. No país onde temos o Código de Defesa do Consumidor, é um despropósito que órgãos do governo não atendam devidamente a quem procura informações e ignorem quem reclama (com razão) por causa de serviços mal prestados. Chega desse jogo de empurra!

Agora fica a pergunta: o que podemos fazer? Infelizmente, muito pouco. Para o governo deste país, os problemas só existem quando saem no Jornal Nacional ou no Fantástico, então reclamar nas redes sociais, fóruns e sites de Internet não adianta muito. Mesmo assim, não custa assinar o Abaixo-assinado contra a ineficiência da Receita Federal do Brasil e dos Correios. Se este movimento tomar vulto, pode chamar a atenção dos órgãos de imprensa e, quem sabe, o Poder Executivo se mexa.

Outra opção é você contatar o seu deputado ou seu senador e pressioná-lo a tomar alguma atitude. Você elegeu o sujeito para representá-lo, então é dever dele escutar a voz do eleitor. Pesquise pelo seu deputado federal ou pelo seu senador, entre em contato e mostre sua insatisfação com o trabalho prestado pela dupla Receita Federal e Correios.

O que não podemos é ficar calados enquanto cada vez mais vendedores se recusa a enviar produtos para cá, por conta de atrasos e extravios constantes. Ninguém aqui é bandido e não está fazendo nada de errado para ser tratado como lixo. Chega de desrespeito!

...

Link para edições de O Homem de Aço em Blu-ray com dublagem e legendas PT-BR e disco de extras limado no Brasil (envio com rastreio completo pelo frete mais barato)

Categorias: Protestos

Tags: ,

Sobre o autor

Alexandre Prestes era rato de locadora nos anos 80 e nunca se animou a comprar VHS por ser uma mídia de baixa durabilidade. Fã incondicional da boa música, iniciou em 2003 sua coleção com DVDs musicais; só a partir de 2005 passou a comprar filmes e séries. 2009 foi o ano no qual começou a colecionar filmes em Blu-ray, sendo um entusiasta do formato. A coleção continua crescendo (e o espaço diminuindo), cada vez mais a favor de títulos com maior qualidade técnica e fartura de material adicional.
  • ThyCatafalque

    Revoltante isso, ja passei por algo parecido como midias soltas e arranhadas, caixas quebradas, etc… mas molhada e mofada é o cumulo. #!%$%#^&*#@

  • ADainovskas

    Ah não! Que palhaçada.
    Quer passar um ano com minha encomenda parada? Tudo bem. Mas entregar um produto estragado é passar da conta.

    Realmente temos que fazer alguma coisa.

  • MagoGates

    Excelente matéria do Alexandre! Na próximas eleições votarei PJC!

  • Higor_Nunes

    Estou até com medo de como um CD enviado por um seller do Amazon.com vai chegar aqui.
    Petição assinada!

  • felipewii

    O Governo ( e as lojas privadas brasileiras) geralmente se movimentam quando há reclamação na mídia ou judicial.
    No dia que o gasto com indenização for mais "caro" que gastar com infraestrutura eles vão melhorar o serviço.

    As pessoas vítimas podem reclamar no Juizado Especial Estadual (JEC) ou Federal (JEF). Não precisa de advogado.
    Demora? Sim, demora, mas precisamos fazer isso.

    • Jim_Morrison

      Oi Felipe, eu sou o autor do vídeo do livro da Marilyn. Levei o livro e o pacote destruído ao Juizado Especial….eles disseram que eu não conseguiria provar que foi os Correios (e agora a Receita). Iam dizer q a Amazon mandou assim….

      • SensatoRJ

        Mas Jim, se eu fosse você insistiria pois eles estariam alegando que a Amazon, GIGANTE DO COMÉRCIO ON LINE MUNDIAL, estaria fazendo essa trollagem contigo, o que é um absurdo por si só. Eles primam por qualidade. Basta mostrar tudo o que você tem em casa comprado lá. Provas há! Basta pressionar. Pode dar em nada? Pode. Mas eles vão ter dor-de-cabeça também…

      • felipewii

        Oi! Eu não sei qual Juizado vc foi (Estadual ou Federal), mas se foi no Estadual provalmente foi atendido por estágiarios (que não podem julgar como se prova algo).
        A responsabilidade é algo que se verifica durante o processo, sendo possivel que o Juiz inverta o ônus probatório (ou seja, a empresa tem que provar que não recebeu assim).

        Já fui "conciliador"/atendente no JEC e sei que alguns colegas tentam ao máximo não atender.
        Recomendo você insistir, falar com o supervisor de lá.

        Na verdade vc precisa ir ao JEF (Juizado Especial Federal), já que vai processar os Correios (Empresa Publica Federal) e a União.
        Aqui tem o site que talvez te ajude: http://www.jfsp.jus.br/jef/

  • ana_szaz

    O desrespeito e a falta de estrutura do nosso país é revoltante. Gostaria de poder fazer algo, tenho seis pacotes atrasados vindo dos EUA.

  • cclampert706

    Não dá pra ficar quieto! Tem que demandar contra os Correios e (principalmente) contra a Receita Federal. Ao menos terás o ressarcimento do valor da compra.

  • Kosh2003

    Que triste. Não consigo esperar mais nada dos órgãos públicos do Brasil.

  • chbossan

    pra mim são todos um bando de vagabundos….olha coloquem os videos no proteste já, quem sabe uma hora eles resolvam fazer uma materia sobre o assunto… http://cqc.band.com.br/protesteja.asp

    • SensatoRJ

      boa! bem lembrado!!! Eu faria isso!

  • CarlosLanca

    agora sim vi propostas realistas, principalmente o item 2 que é de fundamental importancia, mais que todos os outros na minha opinião,

    só discordo do item 6, porque não é responsabilidade da RF e dos Correios a entrega de compras efetuadas em lojas, eles não são sócios de ninguem.

    se a loja nao tem estrutura de distribuição em determinado país então ela que não jogue a responsabilidade para o carteiro. parte desse atraso é culpa da Amazon, pq se ela tivesse um centro de distribuição aqui no Brasil as mercadorias poderiam vir na modalidade porta-a-porta e só depois que chegassem aqui seriam encaminhadas aos Correios.

    e eu colocaria um 7o. item que é acabar com os Correios, tem que privatizar totalmente. não é responsabilidade do Governo entregar comprinha feita na Amazon (ou em qualquer outra loja), entregar cartas é uma coisa, entregar compras é outra totalmente diferente.

    no mais parabéns pelo artigo.

    • picolezero

      Jura mesmo que isso é sério?
      Culpa é da Amazon?
      Correios não tem que entregar comprinhas?
      Que isso cara, você está muito equivocado! Os correios prestam um serviço que é cobrado (e caro), não é favor, e novamente não é grátis.
      Não existem outra opção viável, para pessoa física, de serviços de entregas no Brasil.
      Reveja seus conceitos de deveres e direitos seus e dos órgãos públicos.
      Abraços

    • fabianonf

      cê tá maluco, só pode ser.

      se a loja envia sua compra pelos correios, é responsabilidade dele após receber, garantir que seja entregue ao destinatário o mais rápido possível. É ISSO QUE FAZEM OS CORREIOS !!!

      • chbossan

        Ele deve ser funcionario do correio ou da Receita..

    • SensatoRJ

      O que um centro de distribuição da Amazon teria a ver com essa historia, rapaz?!?! cê tá louco!?!?

    • CarlosLanca

      um centro de distribuição no Brasil, igual DHL Fedex UPS e outras empresas de courier tem em alguns areoportos brasileiros, significa que quando um container ou pallet da Amazon chegar ele vai direto para esse centro, onde um fiscal da alfandega dedicado libera as mercadorias, a mercadoria deixa de ser um malote postal e passa a ser tratada com mais prioridade.
      de lá ele pode ser enviado para um centro local da própria Amazon ou enviado para o Correios, que hoje é sócio-parceiro da Amazon no Brasil.

      as pessoas acham normal comprar de uma loja, não exigir que ela tenha um canal de distribuição e não exigir que tenha rastreio da mercadoria.
      até mesmo um vendedor do Mercado Livre sabe que tem que mandar por PAC ou Sedex com rastreio pq senão é negativado e nunca mais vende, então porque aceitar menos de uma loja ?

      as pessoas acreditam que comprar na Amazon é a mesma coisa que a sua tia te mandar uma carta.
      alias, sua tia vai se sair melhor que a Amazon pq se for algo importante ela vai mandar com AR, PAC ou Sedex.

      pô galera, acorda pra vida. parem de babar ovo para Amazon e exijam seus direitos.

      fez uma compra, é obrigação da loja te dar um numero de rastreio para acompanhar a mercadoria.

      • SensatoRJ

        Pode até ser, mas a Amazon não é a UPS ou a DHL. Ela é uma LOJA. E uma loja que AINDA não tem representação em território nacional. Portanto ela não teria como ter um centro de distribuição aqui. AINDA. E mesmo assim ela proporciona a quem lá compra a possibilidade de escolher envio via COURIER, que ninguém em sã consciência escolhe porque será tributado. com 100% de certeza. Acorda você, para de falar m*rda!

        • MagoGates

          Não vejo problema em ser 100% das vezes taxado, se fosse só isso em troca da certeza de que a encomenda chegaria intácta, mas a opção courrier some das minhas compras porque além disso ainda e se tem que pagar taxas administrativas de desenrolo e o próprio valor do frete que será bem mais caro. Ou seja, é muita desvantagem junta e a encomenda encaresse demais.

    • Amazon abrir um centro de distribuição aqui? Isso seria o mesmo que comprar logo via Courier Expresso, com 100% de certeza que irá pagar o imposto (fora o freto mais caro).

  • fstanleybr

    Por isso que nao estou nem um pouco empolgado com COPA e OLIMPIADAS, nao da pra torcer por um evento maralvilhoso com os nossos atuais governantes, espero que seja uma vergonha mundial, ai sim o Brasil mostra ra a sua cara.

  • GuiMarchetti

    Eu já tinha dado minhas encomendas atrasadas como "perdidas", agora, após ler este texto, dou minhas encomedas por "mortas". :S Que absurdo. Estou com 8 encomendas paradas lá (que começam desde fevereiro), muitas de Digibooks, provavelmente tomando chuva e sol dia e noite. Isso quando não pega fogo nos depósitos, como aconteceu no do Galeão (RJ) no final do ano passado.

    Quanto tempo até a Amazon para de despachar para o Brasil? Pelo menos por frete econômico.

  • JulioHSM

    Petição assinada e recomendada. Isto é uma arbitrariedade com o nosso dinheiro. Estamos com as encomendas pagas desde sei lá quando e não temos o direito de usufruir delas por conta desta palhaçada. Se não querem que importemos produtos, então deem condições às empresas daqui de cobrarem preços justos diminuindo a carga tributária.
    Tomei a liberdade de copiar o link desta matéria e enviei para o Proteste Já, do CQC. Acho que nesta hora, toda ajuda possível será bem vinda.

  • Podemos fazer sim. Quem cuida desta questão é a Procuradoria da República
    Entre e faça sua denuncia http://www.prsp.mpf.gov.br/noticias-prsp/aplicati

    Tire as fotos do seu produto avariado e anexe na denuncia. Quanto mais casos forem relatados melhor!!!

  • oursopanda

    Eu tenho 14 compras por receber, desde janeiro!

    Agora não dá pra seguir comprando, vou esperar pra ver se chega tudo.

    • oursopanda

      Acabo de receber uma compra enviada em 8 de maio, a penúltima que fiz. Agora são apenas 13.

  • Bernardo_sss

    Tenho pedidos que já vão para o 5º mês e ainda nada, nem sei mais se vão chegar!!!!!!!! Mas aquilo alí acima é INACEITÁVEL. Tomara, tomara mesmo que a mãe deles vá para os EUA e sejam transportadas de tal maneira pra chegarem em seus respectivos lares bem amassadas e molahdas!!!!!!
    EXTREMAMENTE NO "MÍNIMO" REVOLTANTE!!!!!
    E ainda somos governados por &%$@# (censurado) que querem tribitar TUDO?! Que vão casa do ca$@#%&!
    NÃO SERÁ DESSA MANEIRA QUE ELES NOS "INCENTIVARÃO" Á COMPRAR AS PORCARIAS FABRICADAS AQUI!!!!!!!

    • SensatoRJ

      5o. mês?!?!? desiste cara…

    • SONEL

      estamos retornando a epoca PRE-COLLOR onde so era permitido comprar produtos nacionais , SERA Q E TAO DIFICIL ENTENDER QUE ATITUDES COMO ESSA NAO PROTEGEM A INDUSTRIA NACIONAL E SIM DEIXA ELA ESTAGNADA , POIS NAO HA NINGUEM PRA CONCORRER , COM ISSO ELA PODE ABAIXAR AINDA MAIS A POUCA E PORCA QUALIDADE DOS PRODUTOS E AUMENTAR AINDA MAIS OS JA INFLACIONADOS PREÇOS.

  • immisch

    Alexandre, muito bom o post. Vamos fazer a nossa parte como consumidores e colecionadores e lutar para que essa situação mude. Sou Advogado e Assessor de um deputado aqui em meu estado…tirei cópia de todos os post´s relacionado com este assunto e estou preparando um requerimento pedindo providências junto a Receita Federal e aos Correios, e logo que finalize vou pedir que o deputado subscreva e que o mesmo seja encaminhado aos órgãos competentes (ou quem sabe, incompetentes). Talvez com um pedido do Poder Legislativo eles pelos menos deem alguma satisfação. Abraços a todos

  • fabianonf

    fiz duas compras na amazon uk, uma prevista para 05/04 não deu as caras ainda a outra chegou em menos de 10 dias …

    • SensatoRJ

      as compras feitas em fevereiro/março NÃO VÃO CHEGAR. Desista.

      • fabianonf

        sério isso ???

      • Jim_Morrison

        Como vc pode afirmar isso?

        Isso significa então que se a Amazon, por exemplo, mandar um novo pedido como replacement de um de março que nunca apareceu….esse replacement chega, por ser enviado em maio/junho? É por aí?

  • ronaldotokuno

    Ótima cobertura do BJC nessa crise das encomendas. TODOS os textos muito bem redigidos.

    O governo não precisa equilibrar a balança comercial. Já é superavitária, mas essa diferença é cada vez menor. Por outro lado, o governo baixou IPI de carros importados também. Não tem motivo. Fiscalização para pegar encomendas irregulares? Tudo bem, mas que faça com critério.

    São muitos problemas que envolvem essa PALHAÇADA: remédios importados. Como ficam? Livros didáticos. Muamba do Paraguai pode. Bebidas alcoolicas também pode. Que coisa, heim?

    O assunto já saiu na imprensa. Esta matéria no Estadão também fala da tal Maré Vermelha: http://economia.estadao.com.br/noticias/economia,…

    Já a Veja mostra que muita gente demitindo e ficando sem serviço por conta disso (comentários): http://veja.abril.com.br/noticia/economia/empresa

    Até o próprio governo publicou artigo de um cidadão brasileiro manifestando sua insatisfação com a Operação: http://clippingmp.planejamento.gov.br/cadastros/n

    No mais, fica a mensagem de um comentário que li: "o Brasil possui a pior tecnologia do mundo. Quando alguém traz tecnologia do Primeiro Mundo, nosso governo faz de tudo para barrar. Isso é que é falta de vontade de ser grande".

  • jamesedwart

    Primeiro parabéns pelo post
    Realmente chega a ser ridículo essas medidas tomadas pelo Brasil se fazer valorizar o produto fabricado aqui. Em vez de baixar os impostos para ele ficar mais competitivo, estão praticamente vetando a importação com a demora proposital da entrega [digo isso, pois sabem que o número de funcionários na receita é pouco devido a grande demanda de importação] e também a taxação de 60% mais o ICMS de alguns estados, graças a Deus no Paraná ainda não teve essa medida de pagamento de ICMS que vejo como ridícula. Outra também é a falta de qualidade do produto feito no Brasil que tem mais de 80% em imposto, é feito de maneira precária e que nunca vai ser competitiva a feita fora do país. Para blu-rays às vezes surgem os achados de uma edição caprichada, mas quem coleciona igual a mim e muitos colecionadores adoram giftsets, steelbooks que nunca haverá igual no Brasil, enquanto a jogos é pior ainda, acho um assalto um jogo custa 199 reais sendo que lá fora sai mais barato e com mais qualidade.

  • Renan

    Vergonha. Minha encomenda da Play-asia chegou em curitiba ontem. Vamos ver quanto vai levar pra cair aqui em casa, RS

  • robsoncps

    com os Fiscais da Receita entrando as 11 horas, saindo 12hora para o almoço e voltando as 14 horas e indo embora as 16:30, com certeza vai sempre faltar efetivo. E o pior, eles nunca estão satisfeitos com os salários, sem contar que eles se acham os donos do mundo.

  • Rogbsouza

    Isto pe revoltante!!! Estou com encomenda atrasada desde fevreiro e NADA. A receita é uma m… e o Correios idem.
    Agora dizer que a culpa é da Amazon é brincadeira.
    Já já eles vão para de enviar aqui para terra do macaco (Sly que disse).
    Fora Dilma e sua quadrilha.

  • hipercelo

    FALOU TUDO!

  • Minha REVOLTA será expressa no próximo Jotacast. E ela é grande.

    • SensatoRJ

      Felipe, coloque um post FURIOSO no seu blog!

  • rvarotto

    Eles dizem que é difícil provar de quem é a culpa. Teoricamente pode ser até que sim, embora saibamos que a culpa, mais até que dos Correios, é da Receita que retem os pacotes e não tem onde guardar. Mas o que acho mesmo que iria revolucionar essa história, é se alguém conseguisse filmar um desses "depósitos" a céu aberto. Não seria prova individual para ninguém, já que seria difícil comprovar que seu pacote estaria ali, ou em lugar com (falta de) condições semelhantes, porém ia ajudar a jogar a M no ventilador com força.

    Infelizmente, tenho que concluir que só matando mesmo…

  • Lele5050

    Eu por exemplo tenho uma encomenda que foi enviada no dia 09/02/12 e até hoje dia 24/05/12 não chegou!
    Enquanto que uma outra encomenda enviada no dia 07/05/12 chegou no dia 22/05/12,portanto 15 dias. E em ambas encomendas eu optei pelo frete mais barato e demorado.Fui até o Correios e uma funcionária teve a boa vontade de olhar uma espécie de caderno de anotações com todas as encomendas internacionais que chegam e sai de lá e nada do meu nome.Não dá para entender e saber o que aconteceu!
    Mas acho que a encomenda está perdida e vou ter que pedir que mandem uma substituição.

    • SensatoRJ

      As encomendas enviadas em fevereiro e março NÃO VÃO CHEGAR. Se você mora no sudeste, saiba que uma grande carga dos correios vindo do sul foi roubada na estrada no início de abril. Muitas, mas muitas encomendas mesmo estavam nesse caminhão.

      • fstanleybr

        da onde voce tirou essa informacação?

        • SensatoRJ

          De várias pessoas que tiverem encomendas, não somente compras internacionais, roubadas nesse período. Meu primo usa uma prótese ocular que é feita no sul. Era para ter chegado em meados de abril mas a ótica ligou para ele e avisou que a carga havia sido roubada (mostrou a ele até o print do localizador dos correios informado o roubo). Especula-se, então, que nesse caminhão roubado tinha muitas coisas vindo para a região SE já que o porto de entrada dos pedidos é Curitiba…

          • Ah, vá, e vai me dizer que em um único caminhão vinham TODAS as encomendas de Fevereiro/Março?

          • MagoGates

            Eu sei que esse caminhão mágico deles deve ter sido o responsável pelo meu livro Jedi Path comprado na Black Friday nunca ter chegado!

  • fc_rm

    Olha, existe uma outra saida. Denunciar ao Ministério Publico Federal. Tenho experiencia de casos de denuncia de consumidores ao MPF que funcionaram, foram apuradas. Outra, estamos em ano de eleições e uma campanha de esclarecimento na internet, Facebook, Twiter, fóruns, etc, deixando claro para os partidos do famoso bloco de apoio do governo que perderão votos para a pequena oposição que ser resume a 3 ou 4 partidos. Mandar mails ´para deputados, senadores.

    Leiam:
    http://www.aduaneiras.com.br/noticias/artigos/art

  • thathybaa

    Gente é um absurdo o que está acontecendo nos correios. Estou com uma medicação parada, desde 10/05, e até hoje o status é: Unidade de tratamento Internacional – Conferido , se meu pai precisasse desse remédio para sobreviver já teria morrido. Hoje pela manhã assistindo a Record, no programa do Geraldo, no quadro PATRULHA DO CONSUMIDOR, onde Celso Russomano vai em busca dos direitos do povão, ele esteve em um hospital público de santo amaro e resolveu o problema apresentado pelos pacientes, talvez esse fosse o caso, entrar em contato, para verificar o que ele pode fazer.

  • raulbenevides

    É triste ver que a "sexta economia do mundo" ainda utiliza métodos inadequados e antiquados que só prejudicam a sua população. Brasil, às vezes tenho vergonha de pertencer a esta pátria.
    Como indignação, relato duas situações que ocorreram comigo.
    No ano passado, em agosto, comprei o jogo para o Xbox 360 Enslaved. Comprei do site Aikade, importador brasileiro. O produto foi encaminhado dos EUA, ainda no mês de agosto, recebi o código de rastreamento tudo certinho. Pasmem, o produto chegou no Brasil no dia 12 de setembro de 2011, só fui recebê-lo na minha casa em fevereiro deste ano. Após constantes ligações para a loja que me vendeu o produto e para os Correios, obtive a informação de que o produto ainda estava em nossa maravilhosa alfândega. Quando o produto chegou em minha casa, tive a impressão de que colocaram centenas de quilos em cima do meu jogo. A caixa veio mutilada. A sorte é que o jogo estava intacto.
    O segundo relato ainda está fresco em minha memória. No dia 12 de fevereiro deste ano, efetuei uma compra no site Chinês, Play-Asia, comprei outro jogo. Recebi o código de rastreamento e venho acompanhando o desenrolar da entrega do produto. O jogo chegou ao Brasil no dia 9 de março, até hoje está na alfândega. E só Deus sabe quando irá chegar.
    Brasil, vergonha!

  • remiox

    boa materia, excelente iniciativa…
    de quebra ainda cliquei no baixo-assinado e achei hilario o anuncio do google "Importar Da China Legalmente
    Fornecedores, Fabricantes e Mais. Serviço de Fornecimento Gratuito!"

    ahahha

  • Kleber84

    Ótima matéria. A cada dia que passa fico mais desapontado com esse país.
    O descaso com o consumidor é óbvio e todos sabem, mas chegar ao ponto de entregarem a encomenda atrasada e destruída devido a péssima infraestrutura é demais. Até mesmo para o padrão brasileiro.

  • aborcsp

    O Sr. Carlos tem razão em partes.
    A Amazon tem uma parcela de culpa, por não ter CCD local próprio em nenhum lugar para poder otimizar seus lucros e não ter qualquer tipo de problema trabalhista em outros países.
    Ela só tem CCD continental.
    Mas isto não justifica os extravios e outras ocorrencias da ECT e nem a leniencia da RF (q é a culpada na maioria das vezes), pois ela conta com os serviços postais nacionais ao redor do planeta, nas modalidades mais baratas.
    No mais, infelizmente isto não deve mudar tão cedo (se é q vai mudar algum dia), pois a maioria da população não sabe votar e só se preocupa com futebol, churrasco e novela.
    E antes de protestar contra a ineficiência da ECT e da RF, deveria haver uma pressão da sociedade para q houvesse uma reforma tributária adequada e justa, isentando itens como os q compramos, alterando aliquotas e etc.
    Mas, estamos nesta grande colonia chamada Brasil, onde os errados estão certos e os certos estão errados!

  • stguimaraes

    É realmente bizarro algo assim! O governo deve sim ser responsabilizado pelo descaso com as encomendas, ainda mais por conter medicamento ou produtos hospitalares!
    O pessoal poderia juntar e cobrar a imprensa (TV ) para chegar junto pedindo uma posição!

  • Diego Cabral

    e nosso pais acha q esta pronto pra sediar a copa do mundo…
    como, se nem sabe cuidar das pequenas coisas, imagina das GRANDES coisas

    ps: este pequena, para os outros, esta os nossos dvds, blu rays, q pena, pois aqui, nos n somos respeitados…

  • HBlu

    A coisa tá podre, muito podre. Parece saudades de tempos da ditadura. E imagino que quem bola essas práticas deva chegar em casa e rir, e muito. Comportamento bem infantil, para um país que diz manter a pretensão de se modernizar. Mais uma vez, é só motivo de vergonha: nem dá pra encarar mais conversa com os fornecedores de fora.

  • Olá JC.

    Gostaria de registrar aqui também o que aconteceu comigo e já ouvi relatos de outras pessoas sobre o mesmo problema.

    Não achando bastante o absurdo de cobrar 60% de imposto sobre uma mercadoria, muitas vezes eles cobram sobre um valor absurdamente alto.

    No meu caso o produto custou $120, a empresa pela qual importei enviou (como de costume) fora da caixa uma especificação informando o que era o produto assim como o seu valor.

    Aconteceu que a Receita Federal simplesmente ignorou a informação fornecida, abriu o meu pacote e resolveu determinar que o valor do produto era de $380. Dessa forma eu teria que pagar mais de R$450 em impostos para ter o meu produto entregue.

    E lá fui eu preencher a porcaria do requerimento, imprimir a fatura do cartão de crédito, detalhe de transação no PayPal, página do produto no site. Agora a encomenda voltou para revisão na Receita Federal e sabe lá quando vai sair. Se é que o valor do imposto vai ser mesmo corrigido.

    Isso faz desanimar ainda mais para continuar imporgando, e é isso mesmo que eles querem.

    • Jim_Morrison

      Oi Rodrigo

      Isso que aconteceu com vc acontece porque infelizmente essa é uma modalidade de fraude nas importações.

      Não no seu caso, óbvio, mas há sim muita gente e muita empresa safada que manda pro consumidor no Brasil um produto que claramente custa, sei lá, mais de mil dólares e eles colocam na nota apenas 50 dólares. Eis porque a Receita, se suspeita disso, abre a caixa, pesquisa o produto na internet e dá o valor encontrado primeiro online como sendo o "verdadeiro".

      Sei porque isso aconteceu comigo PESSOALMENTE na Receita Federal ao chegar no Brasil, no aeroporto internacional do Galeão. Comprei pra mim mesmo um projetor de Blu-ray. Na alfândega, me pediram a nota fiscal dele pra arbitrar o valor da taxa de importação. Mas a minha mala estava tão cheia de papéis que num primeiro momento não encontrei a tal nota.

      Eles me explicaram então como iriam fazer, esse esquema de pesquisar na internet q te falei. Pelo q vc conta, deve ter sido isso que aconteceu contigo.

      Tenho outro exemplo prático pra te contar. Comprei aquele box importado da Amazon US de "E O Vento Levou" (aquela edição comemorativa em Blu-ray).

      A Amazon americana mandou pra mim saindo de um estoque…na Alemanha. Portanto, chegou aqui com selo de lá, dizendo q veio da Europa.

      Fui taxado e, ao chegar ao correio, descobri que calcularam os tais 60% como se os valores do produto + frete fossem em EUROS, não em dólares. Obviamente, como o euro é bem mais caro que o dólar, eu teria q pagar mais.

      Decidi devolver o item pra ser novamente analisado. Eles pedem provas para constatar o erro. Como ali no correio mesmo eu não tinha nada, ofereci como prova q eles abrissem a caixa e vissem a própria nota fiscal da Amazon US dentro da encomenda, para verificar que a quantia era em dólares e não em euros.

      Também achei q ia demorar um mês pra receber de volta.

      Mas pra minha surpresa recebi em dez dias, e direto na minha casa. Chegou junto com um papel oficial da Receita onde eles reconheceram o erro na moeda e resolveram então liberar o produto sem taxação alguma.

      Foi a ÙNICA vez que vi a Receita tomar uma atitude como essa, e tão rápido. Nunca soube nem em fóruns de nada parecido.

      Espero q esses relatos possam ter te ajudado em alguma coisa.

      abraços

      • MagoGates

        Nossa, a RF reconhecendo o erro! ???
        Estou tentando resgatar uma encomenda que custou 27 dólares (valor declarado e tudo na embalagem), mas combraram absurdos R$108!!!
        Pedi revisão obviamente juntando a tela de compra do site, com todos os dados, data de envio, meu nome, valor, etc… Tudo certinho, mas dessa vez para minha surpresa não foi aceita! Voltou
        a revisão e a atendente disse que eu não poderia mais pedir nova revisão juntando mais documentos comprabatórios do valor.
        Mandei email para a Ouvidoria da RF e me disseram para pedir nova revisão sim. Então fui de novo nos Correio com email da Ouvidoria da RF. Só que descobri que minha encomenda já foi devlvida! Já está em outro estado.
        Agora a chefe dos Correios está interceptando para que ela volte aos Correios daqui e eu possa pedir a nova revisão! Surreal!

      • Alexbrsp

        Aconteceu comigo também, o fiscal entendeu que o valor declarado eram dólares americanos mas eram dólares de Hong Kong(HKD45, o equivalente a USD15). Pedi revisão de imposto e foi corrigido.

  • Pingback: EXCLUSIVO: Amazon dos EUA se pronuncia a respeito do recolhimento antecipado dos impostos | Blog do Jotacê()

  • Brucehy

    Brasil SIL SIL. Pais de #&#%@. Tenho 300 reais que já estou considerando perdidos por causa disso.

  • Ketsura

    Então acho que é por isso que não recebi meus mangás que comprei do BookDepository, um é licensiado aqui e o outro não, mas duvido que a JBC sinta falta do meu dinheiro.

  • Pingback: Amazon dos Estados Unidos volta a utilizar os Correios do Brasil no envio de livros | Blog do Jotacê()

  • Alexbrsp

    Falar "É um absurdo" é pouco. Hoje recebi uma encomenda após 73 dias da postagem. Mês passado enviei um produto com defeito para os EUA(alfândega de lá liberou em menos de 24h) e na volta tive que pagar imposto novamente. Se é pra fiscalizar, que façam direito. Eles tratam todos os brasileiros como se fossem pilantras. Cada caso é um caso, mas todos pagam o pato.

  • Pingback: A JUSTIÇA DECIDIU: Compras internacionais abaixo de 100 Dólares NÃO PODEM ser tributadas! « R.Royo – Contabilidade e Auditoria SS Ltda()

  • Pingback: A JUSTIÇA DECIDIU: compras internacionais abaixo de 100 Dólares NÃO PODEM ser tributadas! | Blog do Alex Rudson()