Blu-ray no Brasil: sem legendas nos extras, sem disco adicional e com títulos ainda inéditos aqui

Com a avalanche de lançamentos e edições cada vez mais caprichadas, podemos considerar 2011 como o ano do Blu-ray no Brasil. Após o apelo dos colecionadores, muitas produtoras começaram a ser mexer e melhoraram a qualidade de seus títulos. Produtoras como a Fox trouxeram a coleção Ultimate de X-Men, o gift set de A Noviça Rebelde e a edição mundial de Star Wars; também tivemos a Universal com sua caixa de Scarface, a Paramount com o gift set de Bonequinha de Luxo e a Warner com as edições de Ben-Hur e Cidadão Kane.

Sabemos que algumas dessas coleções não têm o mesmo nível das lançadas em outros países, mas já é um bom começo. Como nem tudo são flores, parece que as produtoras ainda não conseguiram captar todos os anseios dos colecionadores tupiniquins, pois maus hábitos adquiridos no tempo dos DVDs ainda são cometidos, como suprimir os discos de bônus, não legendar os extras e ignorar filmes importantes que já existem lá fora em nosso idioma.

Abaixo alguns títulos que não receberam legendagem nos extras (a maioria da é Fox):

A Malvada

A Malvada – Fox (somente os extras da edição em DVD que foram legendados, os inéditos não)

A Noviça Rebelde

A Noviça Rebelde – Fox (os extras do disco 2 não foram legendados)

A Pantera Cor-de-Rosa

A Pantera Cor-de-Rosa – Fox

Amadeus

Amadeus – Warner (os extras são os mesmos da edição em DVD que possuía legendas).

Platoon

Platoon – Fox

Rain Man

Rain Man- Fox

Touro Indomável

Touro Indomável – Fox (os extras são os mesmos da edição em DVD que possuía legendas).

Três Homens em Conflito

Três Homens em Conflito – Fox (os extras são os mesmos da edição em DVD que possuía legendas).

No caso dos discos bônus, em alguns casos são perfeitamente aceitáveis as supressões, como em A Conquista do Oeste, onde o disco 2 é apenas uma apresentação em tela curva representando a tela em Technirama, ou discos com o filme em DVD ou em cópia digital.

Infelizmente, o que temos acompanhado é a exclusão indiscriminada de disco de extras que, em alguns casos, já possuem legendas em PT-BR.

Filmes como A Bela Adormecida, Gladiador, Ao Sul do Pacífico, Batman – o Cavaleiro das Trevas, Operação França, Patton – Rebelde ou Herói, Os Dez Mandamentos e uma lista extensa de Blu-rays que tiveram discos de extras eliminados sem dó nem piedade. Para piorar a situação, as produtoras continuam a anunciar lançamentos com discos limados, em edições como a coleção A Hora do Pesadelo da Warner e os clássicos Amor, Sublime Amor, da Fox e Cidadão Kane, novamente da Warner.

No caso de Cidadão Kane, o disco 2 é um DVD com o melhor extra da edição, sendo este disco simplesmente o mesmo da edição anterior em DVD lançada aqui no Brasil. Não dava para a Warner aproveitar isso?

Abaixo alguns títulos que tiveram um ou mais discos limados da edição (a maioria da é Fox):

A Bela AdormecidaA Bela Adormecida – Disney

A Hora do PesadeloA Hora do Pesadelo – Warner (o disco de extras foi limado)

Amor Sublime AmorAmor, Sublime Amor – Fox (vencedor do Oscar de 1961, um filme importantíssimo que teve o disco de extras suprimido da edição nacional)

Ao Sul do PacíficoAo Sul do Pacífico – Fox (teve todos os ótimos extras limados junto com o disco dois)

Apocalypse NowApocalype Now – Universal (teve dois discos retirados da edição nacional)

Cidadão KaneCidadão Kane – Warner (o melhor filme de todos os tempos, segundo o AFI, teve dois discos limados, sendo que um dos discos tinha sido lançado na edição em DVD)

GladiadorGladiador – Universal (vencedor do Oscar de Melhor Filme em 2000 teve um disco cortado, sendo que este disco existe na Europa totalmente legendado)

Operação FrançaOperação França – Fox (vencedor do Oscar de melhor filme em 1971, sem o disco dois no Brasil. O DVD de 2002 era duplo)

Os Dez MandamentosOs Dez Mandamentos – Paramount (um dos títulos mais vendidos no Brasil não veio com o disco três, sendo que o disco existe nos EUA totalmente legendado)

Patton

Patton: Rebelde ou Herói – Fox (vencedor do Oscar de melhor filme em 1970 perdeu o DVD de extras, DVD este que é o mesmo da edição nacional Cinema Reserve).

Isso fica parecendo economia porca para reduzir custos. Só edições como a de Star Wars que, por motivo de obrigação contratual, serão lançadas em padrão internacional?

Para piorar a situação, lá fora são lançados diversos títulos muito importantes para qualquer coleção com legendas em português, mas aqui no Brasil não existe nenhuma previsão de lançamento dessas edições.

Abaixo, seguem alguns dos títulos que saíram nos EUA com legendas e/ou dublagens em PT-BR. Já estão prontos para o lançamento no Brasil, só falta um pouco mais de vontade das produtoras.

Desafio à Corrupção

Desafio à Corrupção – Fox

gigi

Gigi – Warner (vencedor do Oscar de Melhor Filme em 1958)

Natal Branco

Natal Branco – Paramount

O Exterminador do Futuro

O Exterminador do Futuro – Sony, atualmente Fox

O Grande Motim

O Grande Motim (1962) – Warner (inédito em DVD)

O Manto Sagrado

O Manto Sagrado – Fox

Os Desajustados

Os Desajustados – Fox (último filme de Marilyn Monroe e Clark Gable)

Perdidos na Noite

Perdidos na Noite – Fox (Oscar de Melhor Filme em 1969)

Planeta Proibido

Planeta Proibido – Warner (inédito em DVD)

Quanto Mais Quente Melhor

Quanto Mais Quente Melhor – Fox

Uma Aventura na África

Uma Aventura na África – Paramount (o único Oscar de Humphrey Bogart, considerado o melhor ator de todos os tempos pelo AFI)

Nesta hora, fica só a minha indignação. Os colecionadores estão cada vez mais bem informados e têm total acesso às edições completas lançadas no exterior que, ainda por cima, geralmente possuem legendas em nosso idioma.

Não aceitem gato por lebre. Enquanto nas edições brasileiras houver exclusão de discos e não legendagem dos extras, é preferível importar. Só se deve adquirir a versão nacional quando este tipo de atitude mudar.

Produtoras, desejo que em 2012 vocês tragam edições completas e caprichadas no Brasil, pois estou disposto a dar preferência a títulos lançados em meu país.

Fox, Warner, Universal e Paramount, por favor tentem corrigir as falhas cometidas nos títulos apresentados acima.

Alguns Blu-rays inéditos no Brasil com opções PT-BR na Amazon.com:

Categorias: ArtigosBlu-rayProtestos

Tags: , ,

Sobre o autor

Sem informações.

Comentários (37)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Renan disse:

    Aqui o que vale é tentar vender e que se fodam os extras. Acorda Brasil!!!!

  2. carlosws disse:

    Abraços pra que comprou ou vai comprar o Arvore da Vida

  3. xMarcosx disse:

    E assim caminha o home video brasileiro.

  4. chbossan disse:

    Isso ocorre porque apesar de versão lixo tem muita gente que compra mesmo assim..

  5. StalloneCobra disse:

    Vejo muitas reclamações mas pouquíssimas são relacionadas ao preço dos filmes em Blu-ray no Brasil. Também percebo que a divulgação de promoções diminuiu bastante no site. Acho que todos por aqui ficaram endinheirados e não estão mais se importando de pagar 100 reais por um lançamento qualquer. Falta de extras, falta de legendas nos extras, eliminação do disco de extras, falta de edições diferenciadas, não vai adiantar nada as distribuidoras solucionarem esses problemas se continuarem praticando preços extorsivos ou até mesmo reajustarem os preços por conta de melhorias. Desde 2008, o Blu-ray se tornou o formato padrão para consumo de material em alta definição e aqui no Brasil ainda mal temos autoração. Quatro anos depois, ainda continuamos dependentes do lançamento dos filmes no exterior com legendas em português para serem utilizados como masters no processo de replicação. Como esperar por extras legendados se pouquíssimas distribuidoras investem em autoração? Fica aí o desabafo. Acho que as reclamações deveriam ser direcionadas para o preço pornográfico que cobram por Blu-rays no Brasil.

    • Fio do Chico disse:

      Stallone, acho que você tem estado sumido do Blog, pois sempre falo dos preços absurdos dos títulos lançados no Brasil (vide o último vídeo de Cleópatra que coloquei no ar). Acompanha mais a gente cara. De qualquer forma, concordo com tudo que você falou.

      • abpinna disse:

        StalloneCobra, se estive o mínimo melhorm informado, saberia os BDs importados estão mais baratos que os lançados aqui. Se tem alguém é "endinheirado", é quem compra no Brasil por um preço estorsivo um produto de qualidade inferior.

        • StalloneCobra disse:

          E você acha que eu não sei que os Blu-rays importados são bem mais baratos? Se não fossem pelos Blu-rays importados, eu nem estaria colecionando filmes. Raramente compro alguma edição nacional por causa dos preços abusivos e as edições estrangeiras são a minha salvação.

  6. GuiMarchetti disse:

    Fio, por favor, chamar de "caixa" aquela porcaria de plástico de Scarface? Está mais para um tupperware, e bem dos vagabundos. Aliás, até as embalagens de envio do Submarino têm qualidade melhor. Acho que foi a edição de colecionador mais vagabunda que já vi de um filme em home video.

  7. angelomx disse:

    Só tenho comprado edições em BD nacional quando surge alguma promo e quando a edição importada não possue legendas PT-BR, fora isso, é Amazon na cabeça !

  8. rafamn disse:

    E um dia se pensou que legenda fosse atrapalhar a importação, agora tem produto importado (Gladiador e A Noviça Rebelde) legendado com idioma daqui e aqui mesmo no Brasil não tem… Brasil, país de todos. (y)

  9. leopl_bsb disse:

    Colego, isso é muito complexo. As distribuidoras não querem lançar um blu-ray duplo por R$29,90 e os colecionadores também não querem pagar R$59,90 (ao meu vê, um preço até justo), num blu-ray duplo. Resultado, eles limam os discos de extra. Então, vamos combinar que a culpa não é só deles.

    • THIAGOVINICIUS2 disse:

      Falou tudo…Infelizmente muitos colecionadores(nem todos) querem blurays caprichados,mas não aceitam
      pagar mais que R$29,90 num bluray.Assim é facil culpar a distribuidoras.Que venham blurays caprichados
      a R$59,90 que nós merecemos.E quem achar que um bd não vale mais que R$30,00 então comprem
      os bds limados.

      • lucasloja disse:

        digam-me se estou errado: acho um absurdo o preço de a noviça rebelde gift set 299 reais e tambem acho um absurdo star wars 250 reais, tudo bem 150 reais agora 300, 250 um absurdo.

        • Fio do Chico disse:

          Leopl e Thiago, nós consumidores reclamamos sim de preços, pois sabemos que as margens de lucros das empresas no Brasil são as maiores do mundo. Aqui no Brasil você compra um carro lixo que nem um Gol ou Palio por 30 e tantos mil e com quase nada. Lá fora você compra com este valor um Honda Fit completo. Aqui, apartamentos de 58m2 com péssimo acabamento (vide Tenda e MRV) em bairros mal localizados em grandes centros por mais de 250 mil. Pagamos boxes da Noviça Rebelde R$ 399,00 e lá fora custa U$ 50,00.As empresas tem margens ultra elásticas que filmes que custam 59,90 em pouco tempo entram nos pacotões de 19,90. E os DVDs que eram caríssimos e hoje são lançados por preços baixíssimos? Será que reclamamos demais ou algumas pessoas são conformadas com situações como esta?

  10. eduardo disse:

    outra coisa que acho inaceitavel é discos com legendas em pt-pt, por acaso estamos na Europa????? comprei estes dias Queen live at wembley e Queen – days of our lives e só tem legendas em pt-pt. Isso é preguiça de adicionar uma legenda facilmente adaptável?????

  11. sidrackmarinho disse:

    Olha, se não me engano o Blu-ray brasileiro de Amadeus (1984) só tem legendas em inglês no material extra.

  12. Nelson_bjc disse:

    The Robe não tem legendas nos extras em PT-BR nem em qualquer outro idioma. Forbidden Planet sem legendas PT-BR nos extras.

    Acrescente-se à essa lista mais alguns com áudio e/ou legendas em português ainda não lançados por aqui:
    High Anxiety (Alta Ansiedade)
    BIG (Quero Ser Grande)
    Barry Lyndon
    Big Jake (Jake Grandão)
    Chitty Chitty Bang Bang (O Calhambeque Mágico)
    Planes, Trains and Automobiles (Antes Só do Que Mal Acompanhado)
    The Cincinnati Kid (A Mesa do Diabo)
    The Naked Gun (Corra que a Polícia Vem Aí)
    Fiddler on the Roof (Um Violinista no Telhado)
    An Affair to Remember (Tarde Demais para Esquecer)
    Miller's Crossing (Acerto Final)
    Chasing Amy (Procura-se Amy)
    Airplane (Apertem os Cintos o Piloto Sumiu)
    Barton Fink
    American Graffiti
    The Tin Red Line (Além da Linha Vermelha)
    Cape Fear (1962) (Círculo do Medo)
    Dangerous Liaisons (Ligações Perigosas)

  13. abpinna disse:

    Isso tudo sem contar os filmes que possuem dublagem no DVD, como Homem de Ferro e Transformers, e não a possuem no BD. Qual a explicação disso, já que o maior custo é produzir a dublagem em si, e não a sua aplicação no BD?

    • Ingsoc disse:

      A explicação básica é que muitos títulos em BD das majors são autorados lá fora.

      No caso específico desses títulos que você citou, o espelho com legendas em PT-BR já estava pronto e a Paramount não quis pagar mais só em uma reautoração só para incluir a dublagem. Acho este um pecado menor, comparado com a remoção de discos de extras que está ocorrendo nas reedições da Paramount.

    • StalloneCobra disse:

      Para evitar custos com autoração, que seria necessária para a inclusão de dublagem, a distribuidora Paramount optou por utilizar as edições lançadas nos EUA, que possuem somente legendas, como masters para o processo de replicação. É um absurdo que em pleno 2012, quatro anos após a decisão de utilizar o Blu-ray como formato para distribuição de conteúdo em alta definição, as distribuidoras nacionais continuem não investindo ou investindo quase nada em autoração.

      • abpinna disse:

        E isso como se autorar um filme fosse a coisa mais difícil e complicada do mundo! Porra, com simples programas caseiros é possível incluir a faixa de áudio extra, e isso não feito por uma produtora com programas profissionais? É o cúmulo da mesquinharia e burrice. Mas concordo, pior ainda são os casos onde as edições estrangeiras possuem material em Pt-Br, que não é replicado aqui e o corte dos discos de extras. Colecionador brasileiro sofre!

    • RodrigoMSilva disse:

      A Paramount sempre foi a pior produtora nesse quesito dublagem, no começo da era do DVD era a mesma coisa, era uma chuva de filmes bons e clássicos dos anos 80 sem dublagem.

  14. fabianonf disse:

    poxa, comprei o operação frança sem saber dessa … que triste

  15. alexbenog disse:

    Colecionador brasileiro?? Se for exigente, compra fora ou corta os pulsos… :(

  16. Darth_Tyranus disse:

    Os BDs nacionais q comprei foi Star Wars, Poderoso Chefão (na minha opinião até supera a edição importada) e alguns 3D, como Rio, Rei Leão, Piratas do Caribe q possuem um bom acabmento, só comprei pq peguei numa promoção da submarino, pq o preço normal é abusivo.

    Todo resto…são importados pq não tem condição de comprar essas edições porcas do Brasil. Ainda bem q no BD temos opções no nosso idioma na maioria dos filmes.

  17. Olha, se compro BD nacional, é quando tenho certeza de que a edição é tão boa quanto a lançada no exterior, e tem preço semelhante ou menor. Realmente, é um descaso extremo deixar de trazer discos de extras ou não legendar conteúdo que está sendo disponibilizado para a população brasileira.

  18. Dan Silver disse:

    Apoiadooo!

  19. Jairo Gabriel disse:

    Queria saber o que vem no dvd extra que nao veio na edição nacional.

Leave a Reply




If you want a picture to show with your comment, go get a Gravatar.