BD Resenha: “Nave da Revolta”

O último grande filme de Humphrey Bogart, considerado o maior ator de todos os tempos pelo American Film Institute, foi lançado pela Columbia/Sony em duas edições em diversos países e mesmo aparecendo em trailers de diversos clássicos da produtora, nunca havia recebido uma edição oficial no Brasil. Mas se isto puder ser considerado um lançamento e não um arremesso, há algum tempo, um dos selos da Cocôntinental, a produtora mais execrada pelos colecionadores do Brasil trouxe A Nave da Revolta em DVD. Sinceramente eu já havia perdido as esperanças em ter uma edição oficial no Brasil. Porém encontrei a pré venda do Blu-ray em uma loja virtual e mesmo não constando informações de extras, fiz questão de encomendar naquele dia mesmo. Ao receber a edição, vi que na capa informava alguns extras, o que me deixou surpreso e ao colocar o filme em meu player, descobri que havia mais alguns.

A edição de A Nave da Revolta foi lançada pela Sony Pictures com uma restauração em alta definição em seu formato original em 1080p na proporção 1.85:1. A imagem está belíssima e o Technicolor realça a fotografia do filme. As opções de áudio são variadas e entre elas temos uma trilha em Inglês DTS 5.1 HD-MA, mono (original) e a dublagem clássica em português da AIC.

Algumas imagens para ilustrar, capturadas da TV:

O estojo tem capa com arte interna e o disco é replicado pela Videolar com boa impressão.

Capa

Contracapa

Como material extra, temos um documentário sobre o filme dividido em duas partes, dois trailers originais e comentários em áudio. Todos os extras estão legendados, mesmo os trailers e os comentários em áudio. Ponto para a Sony!

Realmente uma edição de qualidade, com algo que deveria ser copiado por outras produtoras. Infelizmente ainda falta uma luva para completar a edição e o preço ainda não está dos melhores, mas mesmo não sendo um preço justo, pela qualidade da edição, o valor de R$ 59,90 passa a ser aceitável. Melhora estes preços Dona Sony! De qualquer forma, parabéns pela iniciativa e espero que comecem a trazer mais clássicos para o Brasil, pois até agora tivemos somente este filme, A Ponte do Rio Kwai e Os Profissionais. Que venham Os Canhões de Navarone, Lawrence da Arábia, os filmes do diretor Frank Capra e com a atriz Rita Hayworth.

A Nave da Revolta (The Caine Mutiny) – 1954

Extras:

  • Comentários de Richard Peña e Ken Bowser ;
  • Nos bastidores de A Nave da Revolta (35 min.);
  • 2 Trailers de cinema.

Link para o Blu-ray na Saraiva:

---------------------------------------------------
Edições especiais em Blu-ray de clássicos do cinema recomendadas pelo BJC
(todos com legendas e áudio em português brasileiro):

Dificuldades em comprar na Amazon? Visite o nosso Guia de Compras no Exterior!

Categorias: Blu-rayResenhas

Tags: ,

Sobre o autor

Sem informações.
  • elcid

    Ótimo resenha! Não sou muito fã desse filme mas com certeza vou prestigiar esse belo lançamento.

    Precisamos de mais edições completas e caprichadas como essa, chega de Blu-Rays simples sem extras!

    Chupa cocôntinental!

  • ThiagoJK

    Bacana! Uma edição realmente legal, ainda mais com legendagem nos comentários! Uma pena que a foto interna não exiba toda sua beleza atrás daquele azulado do plástico do BD. Compra certa, assim que entrar em alguma promo, pra ficar ao lado do Falcão Maltês. Os filmes em technicolor e em P/B ficam realmente exuberantes em BD.
    Ah… parece que a Cocôntinental está poluindo o mercado com os BDs agora também… vão lançar uma versão em BD de Encouraçado Potemkin antes da Versátil. Medo…

  • gpieri

    Quero mais filmes do Humphrey em Blu-ray! essa é uma ótima edição, vou comprar com certeza!

    Parabéns pelo texto, "Fio" 😉

  • É a mesma edição do BD Book americano? Ah, e também espero muito por LAWRENCE DA ARÁBIA em BD; espero que façam uma edição grandiosa, e que faça jus àquela fotografia incomparável.

    • Fio do Chico

      Mateus, dei uma pesquisada pela internet e nos Eua não achei o Blu-ray book da Nave, somente em estojo normal. Você tem o link de alguma loja? Quanto aos extras, o disco nacional é o mesmo americano. Abraços!

  • angelomx

    Já vi esse filme no TCM, muito bom. Com certeza comprarei.

  • hugomaia100

    O estojo azul do Blu-Ray é meio incompatível para arte interna. Podiam lançar um estojo transparente, ou então o topo Azul (com o logo BD) e o resto transparente, não iria interferir no visual diferente do Blu-Ray e a arte interna ficaria mais visível e apresentável dentro do estojo.

  • L1s2p3ForeveRrR

    🙂

  • Nelson_bjc

    Blu-ray da Sony com dublagem clássica é para ser comemorado. Espero que não seja um caso isolado e a Sony tenha abandonado a política de redublagens horrendas.

  • jefferock

    adoro post d resenhas!