BD Resenha: “O Leopardo” (Brasil)

O Leopardo, obra-prima do mestre Luchino Visconti, finalmente é lançado em Blu-ray pela Versátil High Definition. O filme, baseado no romance de Giuseppe Tomasi di Lampedusa e que tem a mesma importância para o cinema italiano que E o Vento Levou tem para o cinema estadunidense, se passa na segunda fase do Il Risorgimento (unificação italiana) e apresenta o príncipe Don Fabrízio Salina, que presencia a decadência da nobreza siciliana e a ascensão da burguesia.

A edição recebeu uma restauração em alta definição 1080p no seu Technirama original (widescreen anamórfico 2.20:1) e com um belíssimo Technicolor, com azuis e vermelhos vívidos e mantendo sua granulação original, em um trabalho de mestre supervisionado pelo diretor de fotografia Giuseppe Rotunno.

A versão escolhida para esta edição foi a italiana de 185 minutos. A edição de 161 minutos apresentada nos cinemas americanos (com áudio em inglês e tendo Burt Lancaster dublando a si mesmo) e disponível na edição lançada pela Criterion não foi disponibilizada na edição nacional; mas, na minha opinião, é uma edição dispensável e serve somente como curiosidade.

Abaixo, algumas imagens registradas a partir da TV:

O áudio é Dolby Digital 2.0 em italiano e, diferentemente do que já foi falado por um leitor nosso nos comentários, não existe atraso nesta trilha. No documentário A Casta Agonizante, a atriz Claudia Cardinale explica que os diálogos dela com Burt Lancaster eram feitos em inglês, os com Alain Delon em francês e com o resto do elenco em italiano; sendo assim, todo o filme foi originalmente redublado, algo comum nos filmes italianos (vide Três Homens em Conflito).

O estojo tem capa com arte interna e o disco é replicado pela Sonopress, com boa impressão.

capa

Print

Como material extra, temos o documentário de mais de uma hora Uma Casta Agonizante, com depoimentos do elenco e equipe técnica, passando pelas diversas fases da produção e fazendo um paralelo entre a obra de Lampedusa e a versão de Visconti. Simplesmente imperdível! Foram incluídos também um featurette sobre a restauração, três cinejornais de época, um trailer de cinema e o featurette O Leopardo em Cannes. Todos os extras estão legendados e são apresentados em definição padrão. Infelizmente alguns extras foram eliminados da edição anterior lançada em DVD duplo pela mesma Versátil, que são uma entrevista com o produtor Goffredo Lombardo, dois trailers da versão americana, o featurette Lembrança dos Bastidores e um depoimento do Professor Renato Brolezzi. A Versátil informou que estes extras precisaram ser removidos por não haver espaço no disco suficiente para acomodá-los; como são extras de menor importância, entendo essa posição, pois sabemos que uma edição dupla sairia por um valor impraticável. Ademais, a produtora foi transparente explicando toda a situação.

Realmente é uma edição especial de um filme imprescindível em qualquer cinemateca, sendo altamente recomendada.

Agora espero que a Versátil comece a lançar mais títulos em Blu-ray por mês, pois existe um imenso catálogo para explorar. Sugiro que, nas próximas edições, volte a utilizar aqueles pôsteres originais nas capas dos Blu-rays, comece a colocar uma luva em suas melhores edições e, quem sabe, criar livretos com os textos que eram utilizados nas telas de extras das versões em DVD.

O Leopardo (Il Gattopardo) – 1963

Extras:

  • Documentário Uma Casta Agonizante;
  • Featurette sobre a restauração do filme;
  • Featurette O Leopardo em Cannes;
  • Cinejornais de época;
  • Trailer de cinema.

[Agradecimento ao Daniel Melo da Versátil por ter gentilmente cedido a cópia utilizada na feitura desta matéria]

Link direto para a edição na Saraiva:

---------------------------------------------------
Edições especiais em Blu-ray de clássicos do cinema recomendadas pelo BJC
(todos com legendas e áudio em português brasileiro):

Dificuldades em comprar na Amazon? Visite o nosso Guia de Compras no Exterior!

Categorias: Blu-rayResenhas

Tags: , ,

Sobre o autor

Sem informações.
  • Esse é compra certa assim que possível!

  • SidneiNovais

    E o discurso "Sem audio HD não é Blu-ray"?

    • andre_f_f

      Sidnei, não sei se isso responde a sua pergunta, mas, pela idade, o áudio original desse filme deve ser até Mono.
      (Aliás, checando agora, deve ser mesmo, pq a Criterion lançou o BD nos EUA com Áudio 1.0)
      Sei que já pegaram filmes com áudio Mono e transpuseram para HD, mas não creio que o áudio tenha "conteúdo de informação" para tanto. Se houve algum tipo de restauração, Dolby Digital já é mais do que suficiente.

      • gpieri

        A trilha LPCM na edição da Criterion pode ser considerada como lossless. É sem dúvida uma falha da Versátil. embora seja uma menor, já que pela idade do filme eu duvido que faria muita diferença uma trilha HD.

      • SidneiNovais

        Sim, é mono, mas audio HD não tem a ver com distribuição de canais e sim o tipo de compressão aplicado (ou não, no caso de PCM e é como saiu em BD pela Criterion). Fiz a pergunta de uma forma meio irônica, pois lascaram o sarrafo na Focus no lançamento de AKIRA na mídia azul.

      • RML7000

        Concordo com o Sidnei…..no filme "Os Dez Mandanentos" que é da década de 50 a Paramount fez um trabalho maravilhoso de restauração e transformou a trilha 'mono' em um DTS HD 5.1….excelente!

        NÃO É DESCULPA! É FALTA DE INVESTIMENTO!

        • ThiagoJK

          O blu-ray (com uma transferência impecável) de Psicose, de Alfred Hitchcock (1960), que AINDA não possui edição nacional, (lá fora possui legenda pt-pt), foi lançado pela primeira vez com trilha DTS-HD Master Audio 5.1. devido ao investimento dos interessados, que retrabalharam o áudio mono misturado original de forma magnífica (ver extra "Psycho sound" da edição gringa). Eles separaram as "pistas" de diálogos,efeitos e músicas e redistribuiram tudo num verdadeiro 5.1 graças a empresa francesa Audionamix. O problema é que, independentemente da importância do filme, geralmente o cu$to x benefício não compen$a…
          Nesse caso, a Versátil lançou o melhor que pode. Apenas não concordo com o corte dos extras relacionados, que podiam ter sido lançados em um dvd adicional…
          Parabéns, Versátil, por lançar este belo filme em BD, e que continue melhorando suas edições e seu catálogo!

  • SidneiNovais

    O ideal aí era deixar o filme com audio HD em um BD e vir com um DVD somente de extras, já que estão apresentados em resolução padrão. Enfim, espero que essa política da Versátil de baixar o preço de seus Blu-rays não sacrifique a qualidade de seus lançamentos.

  • Jucier_Mozzy

    Comecei com O Sétimo Selo… mês que vem (se Vênus ajudar) pegarei A Missão e O Leopardo!!!

  • andre_f_f

    Nunca vi esse, mas se tiver a mesma suntuosidade de produção que tem O Inocente (que vi em DVD), ver em BD vai ser um banho para os olhos.

    Pena (!) que o filme de Visconti que mais gosto e espero em BD, Rocco e Seus Irmãos, não tenha o mesmo estilo de cenografia.

  • jefferock

    Mais um dos "que ainda naum vi"

    • Rafael Poggi

      não me surpreende, devido a sua idade. Mas nunca é tarde!

      • jefferock

        haha, idade num define que filmes assisti, apenas não me despertou interesse! gosto de coisas mais High tech! heuehueh acho q realmente sou de outra geração de amantes de filmes!

        • Rafael Poggi

          acho que vc me entendeu mal… Não disse que pela sua idade você não possa apreciar outros tipos de filmes; filmes de outra geração. E sim que, conhecendo o seu histórico aqui, a sua praia é outra, como, aliás, você acabou de confirmar. E isso não é ruim! Pior é ter gente que diz que não viu, não quer ver, e não gosta, pronto e acabou.

          • jefferock

            Apoiado! eu tbm num falo, dessa água naum beberei, mais ainda naum me chamou atenção.
            =]

            • JeanApolinario

              acho que vc me entendeu mal…
              Num é a primeira vez q vejo vc falar isso, dejavu?

  • maridobom

    nossa, esse filme é um clássico italiano, mas lançar esse filme no brasil somente com áudio italiano é um crime.

    • Ahhhhnnnnn, o áudio original é italiano…

      Você queria dublagem em português, é isso?

      • espiaocarioca

        Seria legal uma dublagem, valorizaria mais o produto.

  • felipegpm

    Uma pena um nome de referência como a Versátil cair no mesmo jogo das distribuidoras brasileiras de "cortar conteúdo para cortar gastos". Acho que valeria a pena lançar o filme em áudio lossless, ainda que mantendo em estéreo ou mono, e como já comentaram por aqui, lançar com um dvd dedicado aos extras pra subsidiar o problema da falta de espaço na mídia blu-ray.

    É como eu já disse por aqui, o aúdio HD representa 70% de um BD. O vídeo em fullHD, como diria a filósofa Carla Perez, é um "plus a mais".

  • espiaocarioca

    Algum Sábio sobre a Versátil sabe responder: A Versátil lança filmes BD com dublagem ou não?