Correios: lentidão, incompetência e corrupção

slow Velocidade máxima permitida: lesma aleijada.

Ao adquirir um produto numa loja online, comprar em sites de leilões ou mesmo trocar títulos com um colega colecionador, invariavelmente temos que lidar com quem efetua as entregas: os Correios. Esta empresa, que já foi sinônimo de eficiência e confiabilidade, de alguns anos para cá entrou numa espiral de preços altos, serviços ruins, corrupção e incompetência, interferindo diretamente em nosso prazer de colecionar. Antes de xingar a loja (que é tão vítima quanto você), vamos entender neste artigo o que acontece com os Correios. Já falamos anteriormente a respeito dos problemas nos Correios. Desta vez, iremos mais fundo e apontaremos os pontos nevrálgicos desta estatal da qual sempre nos lembramos quando nossas encomendas chegam (ou não) em nossas casas.

Primeiro, um pouco de história. A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), comumente denominada Correios, foi criada pelo Decreto-lei nº 509/69 para suceder o antigo Departamento de Correios e Telégrafos (DCT) na execução do monopólio dos serviços postais em nosso país. Este monopólio é comum em outros países do mundo, com a justificativa de garantir a execução dos serviços postais mesmo em lugares onde não exista viabilidade financeira para a operação. Só que um monopólio sempre traz consigo uma enorme desvantagem: ausência de concorrentes. Se a empresa monopolista executa seu serviço de forma competente, isso não importa; mas quando a qualidade cai, o consumidor não tem pra onde escapar.

Por muito tempo, os Correios foram capazes de executar seus serviços de forma acima da média. O site Contas Abertas informa que, após a mudança do DCT para ECT, a missão dos Correios era trabalhar o máximo possível para entregar as correspondências no dia seguinte após a postagem e, ao mesmo tempo, manter uma estrutura enxuta e eficiente. A administração da empresa era tão bem afamada que o presidente da ECT de 1974 e 1984 foi nomeado, em 1985, para o cargo de diretor-geral da União Postal Universal (agência da ONU especializada em serviços postais). Infelizmente, todas essas glórias ficaram no passado.

Houve um aumento da demanda dos serviços postais por conta do crescimento populacional e do maior número de encomendas que surgiu por conta das compras online. Contudo, por causa da falta de investimento, a estrutura da empresa não acompanhou as novas exigências do mercado. A isto soma-se o aparelhamento político da empresa, a corrupção endêmica e chegamos ao quadro atual de atrasos e extravios.

Uma espiral descendente

Dia 24 de março saiu o edital para o preenchimento de 8.346 vagas em diversas funções na ECT. Este concurso só saiu por conta dos inúmeros problemas que surgiram nos últimos anos.

No ano passado, os Correios anunciaram um lucro líquido de 827 milhões de reais, bem maior que os R$ 118 mi obtidos em 2009. Além disso, o custo operacional permaneceu o mesmo, o que torna este feito mais impressionante; afinal, lucrar mais gastando o mesmo para manter as operações é algo difícil de alcançar. Em uma empresa saudável, uma notícia dessas seria algo a se comemorar. Mas na ECT, a manutenção do custo operacional correspondeu à queda da qualidade de serviço.

Em 2010, foram distribuídos 8,9 bilhões de objetos pelos Correios, um aumento de 6,8% em relação ao ano anterior. Entretanto, apenas 90,8% desses objetos foram entregues dentro do prazo estipulado, ficando abaixo da média esperada de 95,82%. Saindo um pouco da frieza dos números, percebeu-se que o impacto no dia-a-dia das pessoas foi muito maior.

Ainda no ano passado, as correspondências em geral estavam atrasadas em nove estados da Federação. Uma encomenda que deveria demorar 3 dias para ser entregue levava 3 semanas, causando inúmeros transtornos para quem dependia da rapidez deste tipo de serviço. Mesmo após o anúncio de medidas emergenciais para a resolução dos atrasos, estes continuaram. Ainda em 2011, existiam 200 mil correspondências atrasadas em alguns lugares do país. Muitos clientes foram obrigados a se dirigir às agências para retirar as correspondências que deveriam ser entregues nas residências. Como consequência, o nível de estresse da população com os Correios chegou a um ponto perigoso; em alguns casos, carteiros sofreram agressões físicas. Só que o carteiro não é culpado por tudo isso; ele também é uma vítima do sistema.

Um carteiro tem, em teoria, uma jornada de trabalho de 44 horas semanais. Todavia, 9.000 funcionários se encontram em licença médica e 4.500 foram aposentados por invalidez neste ano, resultados do esforço que a profissão de carteiro impõe aos funcionários. Eles têm que caminhar até 15 quilômetros por dia, sob sol, chuva ou frio, carregando uma sacola que pesa em torno de 11 quilos. Tamanha provação tem um custo alto na saúde desses indivíduos. Se a força de trabalho tivesse crescido para acompanhar o aumento da demanda, funcionários novos substituiriam os licenciados, mantendo os números nivelados. Como isto não ocorreu, ou um funcionário trabalharia por dois ou três, ou tudo atrasaria. O que aconteceu?

As duas coisas. Em algumas regiões, os carteiros precisavam trabalhar aos sábados e domingos para cumprir os prazos. Isso, ao invés de solucionar o problema, só agravou a situação: aumentando a jornada de trabalho, consequentemente aumentou o número de ausências por problemas de saúde; com menos carteiros, cresce o atraso; daí a carga de serviço dos funcionários ativos sobe, mais funcionários são obrigados a se ausentar, o atraso continua e o ciclo se perpetua. Some a isto os problemas com o transporte aéreo (que causaram a suspensão do serviço Sedex 10 no Norte e Nordeste) e temos o caos instituído.

Teste feito pelo Jornal Hoje da Rede Globo comprovou a ineficiência dos Correios. Em 09/05/2011, foram enviadas 3 cartas comuns de Brasília para São Paulo (SP), Caruaru (PE) e Porto Velho (RO). Também foi enviada uma carta de Nova York para Brasília. O prazo dado para a entrega foi de 3 a 5 dias úteis.

Resultado: apenas a carta para São Paulo chegou dentro do prazo estimado. A carta de Porto Velho teve que ser retirada na agência uma semana depois e a carta de Caruaru só chegou 6 dias úteis depois, mesmo tempo que a carta postada em Nova York chegou em Brasília. Ou seja, uma correspondência internacional levou o mesmo tempo que uma interestadual, com um detalhe: a carta americana foi colocada na caixa de coleta, enquanto a brasileira foi postada direto na agência. Vejam a reportagem abaixo:

Quanta rapidez…NOT!

Em resumo, para que os atrasos diminuam, a solução inicial é aumentar o quadro de funcionários. Sendo uma estatal, a ECT não pode simplesmente captar mão-de-obra no mercado de trabalho. É preciso abrir um concurso, que é bem mais demorado devido a burocracia que é exigida. Mesmo com todos os trâmites de um concurso público, existe a possibilidade da ocorrência de transtornos. Foi o que aconteceu no concurso iniciado em 2009. Este concurso, que deveria ter se realizado em 2010, foi suspenso devido a indícios de irregularidades; somente agora foi realizado um novo.

Ou seja, perdeu-se tempo, dinheiro e não se normalizou o atendimento. E uma das causas foi esta praga que assola a administração pública brasileira (e, obviamente, também atinge os Correios): a corrupção.

Um antro de corrupção

Em 2005, explodiu um escândalo envolvendo a ECT. O chefe do Departamento de Contratações dos Correios, Mauricio Marinho, foi filmado negociando propina para beneficiar um empresário que, supostamente, queria obter vantagens em uma licitação para os Correios. O vídeo ilustrava em detalhes um esquema profundo para angariar fundos para o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), que conseguira várias indicações para preencher cargos de direção na ECT pelo fato de comporem a base aliada do governo.

Neste caso, os diretores da ECT recebiam subornos de empresas interessadas em negociar com os Correios. Em troca, fraudavam licitações, faziam compras desnecessárias e praticavam superfaturamento de preços, dando vantagens aos corruptores. O dinheiro arrecadado, além de ir para os bolsos dos corruptos, servia para alimentar as campanhas políticas do PTB. Este esquema, chefiado pelo então deputado Roberto Jefferson, serviu de estopim para um escândalo ainda maior: o mensalão do governo federal.

Este episódio lamentável mostrou que a diretoria dos Correios, antes preenchida por funcionários de carreira, passou a ser constituída por indicações políticas. Os recursos desviado por essas pessoas certamente fizeram falta à empresa e impactaram na qualidade de seus serviços. E isto não foi um fato isolado.

Em 2010, o diretor de Operações da ECT Eduardo Artur Rodrigues Silva foi exonerado do cargo apenas dois meses depois de ter assumido. O motivo foi conflito de interesses. Silva era presidente da Master Top Linhas Aéreas (MTA), que possuía contratos de 60 milhões de reais com os Correios. Ao assumir a diretoria na empresa pública, Silva fez o que muitos fazem: colocou a filha como testa-de-ferro; assim, seria contratante e contratado ao mesmo tempo.

Até chegarmos à suspensão do concurso de 2010. A Cesgranrio, responsável pela execução do concurso, teve seu nome encontrado nos computadores de dois dos envolvidos no escândalo de 2005, Maurício Marinho e Fernando Godoy. Por isso, o Ministério Público Federal do Distrito Federal recomendou que o concurso não fosse realizado.

Como se não bastasse isso, o organograma da empresa tem algumas particularidades Em reportagem d’O Globo, constatou-se que na ECT existe um chefe para cada dois servidores. É muito cacique pra pouco índio! Este fato ocorre por conta de um sistema absurdo, criado em 2005 e que vigorou até janeiro deste ano, no qual não existia critério claro para a criação de cargos de responsabilidade nem definição das competências desses cargos.

Esta salada mista custava caro (R$ 54,2 milhões por ano) e criava um abismo entre o pessoal de frente e esses “chefes”. O salário bruto de um carteiro é de R$ 850, enquanto um “privilegiado” recebe vencimentos acima de R$ 10.000. Isso só serve para incentivar a corrupção; afinal, quem não iria querer uma boquinha nos Correios? De quebra, quem realmente dá duro para que os serviços continuem funcionando fica desanimado com tamanho descaso e a insatisfação toma conta do ambiente de trabalho. Já dá pra imaginar o que acontece, certo? Sim, sobra pra quem não tem nada a ver com isso: o consumidor.

correiosAtenção: tartarugas na pista.

Bullying contra pacotes: espancamento e sequestro

Os funcionários da área fim dos Correios trabalham pesado, ganham pouco, recebem benefícios minguados, não têm seguro pessoal, possuem poucas possibilidades de crescimento, vêem seus chefes trabalharem muito menos e receberem muito mais, têm de lidar com uma estrutura de trabalho precária e ainda por cima correm o risco de serem agredidos. Não é difícil entender porque os serviços dos Correios viraram um vale-tudo generalizado.

Primeiro, temos os maus tratos às encomendas que passam pelos Correios. Os pacotes transportados têm sua integridade física ameaçada desde o momento em que deixam as mãos do remetente. Uma imagem fala mais do que mil palavras: vejam o que fizeram com a Caveira Terminator Salvation de um colega do Fórum BJC:

img0187cc Foto: Leonardo Moreira

De cortar o coração, não é mesmo? Infelizmente, isso é mais comum do que deveria. Existem diversos relatos de pacotes que chegam no mesmo estado acima (ou até em pior estado) e de encomendas jogadas por cima de muros ao invés de serem entregues nas mãos do destinatário. Fatos assim não têm explicação; só podem ser resultado de funcionários insatisfeitos que descontam suas frustrações nos pacotes que transportam. Quem não se lembra do famoso vídeo mostrando o carinho com que são tratadas as encomendas durante a triagem?

Frágil? Isso existe?

Mais uma vez, não se trata de fato isolado, porque ocorre em outros lugares do país. Pacotes que são atirados pra lá e pra cá correm um risco enorme de não chegarem em seu destino da mesma forma que saíram de seus locais de origem. Claro que acidentes acontecem, porém o que se vê é pura negligência. Pior é que o valor de reembolso que os Correios pagam no caso de encomendas danificadas é risível; o mesmo vale caso a mercadoria não chegue em seu destino.

Este é, por sinal, mais um indicativo de que os serviços dos Correios vão de mal a pior. Primeiramente, temos a devolução indevida de correspondências a seus remetentes. Em teste feito pela ONG Contas Abertas, 2 das cartas enviadas, mesmo corretamente endereçadas, foram devolvidas ao remetente sem uma explicação lógica. Esta falha só pode ter ocorrido no processo de triagem, demonstrando que a atual estrutura dos Correios é incapaz de lidar corretamente com o volume de material que passa por suas mãos. Se funciona como consolo, ao menos essas cartas foram devolvidas ao remetente. E quando nem isso acontece e elas se perdem no meio do caminho?

Porque invariavelmente elas se perdem. Melhor dizendo, elas são “perdidas”. Sim, porque difícil compreender como uma correspondência com endereços de origem e destino corretos sumam por aí. Ou elas são danificadas e ficam com os endereços ilegíveis (o que também é responsabilidade dos Correios), ou elas são desviadas por pessoas mal intencionadas. Isto sim é um fato gravíssimo.

É difícil afirmar se este ou aquele pacote que nunca chegou foi furtado ou não, principalmente quando não possuir número de identificação ou rastreamento. De qualquer forma, existe sim a possibilidade da ocorrência deste tipo de crime dentro das instalações dos Correios.

Em agosto do ano passado, a Polícia Federal desarticulou uma quadrilha que desviava correspondências bancárias em Porto Alegre. Eles operavam em duas frentes: assaltando carteiros e furtando correspondências dentro do Centro de Tratamento de Cartas e Encomendas (CTCE) da cidade, com o auxílio de um funcionário dos Correios. Esta ação foi gravada pelas câmeras de segurança, como podemos ver abaixo:

Fonte: Zero Hora.

Para encurtar a história, se isso pode acontecer com envelopes com cartões de banco, certamente pode ocorrer com CD’s, DVD’s, BD’s ou jogos. É preciso que a ECT aja com afinco para prevenir este tipo de ocorrência e que puna com todo o rigor da lei quaisquer envolvidos em atos similares.

Cobra muito e entrega pouco (quando entrega)

Imagino que o leitor já deva estar indignado com o que viu até aqui. E tem toda a razão de estar! Mas os pecados dos Correios não se resumem à lentidão, corrupção, danos e sumiços. Ainda tem a questão do preço! Os valores que pagamos pelos serviços postais são maiores do que se paga em outros países.

Vejamos uma comparação entre os serviços mais baratos de envio internacional de pacotes de pequeno porte entre as empresas de correios brasileira, americana e britânica. O peso utilizado para a comparação foi de 300 gramas (mais que suficiente para uma edição normal em DVD/BD mais a embalagem); podemos ver os resultados a seguir:

Empresa ECT(Brasil) USPS(EUA) Royal Mail(UK)
Serviço utilizado Leve Econômico First-Class Mail International Package Airmail Small Packets
Origem-destino Brasil-EUA EUA-Brasil UK-Brasil
Prazo estimado 12 a 17 dias úteis Variável 5 dias
Seguro automático R$ 100 US$ 100(R$ 163) £ 46(R$ 126)
Preço do serviço R$ 34 US$ 9,14(R$ 14,90) £ 4,26(R$ 11,20)

Tabela comparativa entre serviços postais (feita em 16/05/2011).

 

Em todos os quesitos, os Correios brasileiros perdem. O prazo estimado para entrega é maior, o valor do seguro pago em caso de extravio é menor e o preço da postagem é superior. Ou seja, nós pagamos mais caro por um serviço sem recebermos uma contrapartida; ao contrário, corremos um risco maior do prazo não ser cumprido e da mercadoria ser extraviada ou danificada.

Podem até tentar usar a desculpa do tamanho continental de nosso país, mas não cola. A China, por exemplo, também é um país de grandes dimensões e, mesmo assim, seus serviços postais são mais rápidos e custam mais barato do que os nossos. Uma carta comum no Brasil custa R$ 0,75 e demora (em tese) de 3 a 5 dias úteis para ser entregue; na China, uma carta local custa 0,60 Yuan (equivalente a R$ 0,14) e é entregue de um dia para outro. Os Estados Unidos são outro exemplo de país continental com serviços postais melhores e mais baratos que os nossos, com a postagem de uma carta comum custando US$ 0,44 (R$ 0,71) e demorando de 1 a 2 dias úteis para ser entregue.

Ok, agora que sabemos de tudo isso, o que fazer?

Boicotar é impossível; só existe um serviço de entrega de correspondências em nosso país. Utilizar serviços de courier (FedEx, UPS, DHL, etc.) é impraticável: custa muito mais caro e, nas encomendas internacionais, além de pagar todos os impostos (Imposto de Importação e ICMS), tem que se arcar com uma taxa de desembaraço aduaneiro que nunca é pequena (em torno de R$ 40, podendo ser maior). Ou seja, estamos encurralados, no mato sem cachorro.

Só resta então reclamar. Sabemos que é um processo chato, trabalhoso e cansativo. Mas é o único jeito. Apenas fazendo pressão é que as coisas mudam nesse país, então o negócio é botar a boca no trombone.

Antes de mais nada, esqueça sites de reclamações online, porque os Correios não vão dar a menor atenção a eles; exemplificando, nenhuma das 7.259 reclamações feitas no Reclame Aqui recebeu retorno da empresa. Redes sociais então? Nada! O perfil da empresa no Twitter (@CorreiosOnline) foi deletado e no Facebook e Orkut nem se vê a presença oficial da ECT. Este é um indício claro de como os Correios pararam no tempo; o máximo de interação com o cliente que eles se permitem são os dois blogs oficiais do site (um sobre filatelia e outro sobre comércio online). Os Correios precisam melhorar muito neste sentido.

Enquanto isso não acontece, eis uma lista de locais onde você pode (educadamente) tentar fazer valer seus direitos de consumidor:

Se você foi mal atendido ou teve problemas, não deixe pra lá. Nunca se esqueça que você financia os Correios com o dinheiro dos impostos e que paga (caro) pelos serviços e merece um tratamento digno.

---------------
Blu-rays de animações da DC com áudio e legendas em PT-BR:

Dificuldades em comprar na Amazon? Visite o nosso Guia de Compras no Exterior!

Categorias: Artigos

Tags:

Sobre o autor

Alexandre Prestes era rato de locadora nos anos 80 e nunca se animou a comprar VHS por ser uma mídia de baixa durabilidade. Fã incondicional da boa música, iniciou em 2003 sua coleção com DVDs musicais; só a partir de 2005 passou a comprar filmes e séries. 2009 foi o ano no qual começou a colecionar filmes em Blu-ray, sendo um entusiasta do formato. A coleção continua crescendo (e o espaço diminuindo), cada vez mais a favor de títulos com maior qualidade técnica e fartura de material adicional.
  • tavaresbe

    Cada dia fico mais abismado com a abrangência e capacidade desse site que era para ser um "mero" blog para colecionadores.

    Uma observação: não esqueçamos que boa parcela da culpa também é da Receita, que segura nossas encomendas por um bom tempo nas alfândegas.

    • Tavares, obrigado pelo elogio.

      E não se preocupe: ninguém se esquece da Receita Federal. Nesse revezamento tartaruga (Receita) com lesma (Correios), quem se dana somos nós.

    • josediogenes

      A Receita merecia outro post no calibre desses pra comentar. 😀

  • hellenitavcdvd

    Nossa! Parabéns pelo post Alexandre!
    Super informativo e … triste!. Triste pq ficamos totalmente de mãos atadas… [ ou não, tenho certeza que vi alguns colecionadores comentando sobre o concurso dos Correios, muito bem, quem prestou e passar, tratem de melhorar isso aí! :p]

    O vídeo do "carinho" com as encomendas/correspondências foi um choque! Eu não tinha visto ainda. É um joga pra lá e joga pra cá, e plaft no chão… só se ouve o barulho das encomendas se estatelando.

    • AllissonBH

      Eu juro que ouvi um BD soltando de uma das embalagens rsrsrs. Brincadeiras a parte é muito triste ver a decadência dos Correios que já foi considerado o melhor do mundo e hoje já deve ser um dos piores, mas ainda tenho esperanças de que isso mudará um dia, isso se alguma pessoa de pulso firme e boa vontade assumir aquilo lá, eles terão muito trabalho a se fazer, separar os lobos dos cordeiros.

  • EmersonMH

    Jota, excelente seu post. Sem nenhuma mágoa vc mostrou exatamente o que ocorre nessa estatal.

    Penso que enquanto não houver uma lei proibindo a indicação de funcionários externos em qualquer área de uma empresa estatal, órgão público ou autarquia, esses esquemas continuarão, pois esses indicados políticos só possuem uma meta: abastecer o caixa de seus partidos e de seus próprios bolsos.

    A maior motivação de um funcionário de uma empresa é a possibilidade de ascensão. Se, nos Correios, esse funcionário sabe que só os amigos políticos receberão cargos de chefia, então, essa motivação é jogada pro espaço.

    • Jotacê

      O post não é meu!

      • Isso que dá ser o "Blog do Jotacê" 😀

        • EmersonMH

          Desculpe! É que entrei pelo link do Twitter do @blogdojotacê e já li pensando que era do Jota.

          Então corrigindo: Ingsoc, excelente seu post!! Quanto mais pessoas souberem desses problemas inerentes à política brasileira de administração da coisa pública, mais elas levarão em conta na hora do voto, que é a grande arma do cidadão bem informado.

          E, novamente, desculpe pelo meu erro. :$

          • Relaxe, enganos acontecem! 🙂

  • MStrelow

    Nunca tive problemas com os Correios, inclusive, as encomendas chegam mais rapido aqui pelos Correios, sempre em 2 dias úteis, enquanto em transportadoras é a partir de 3.

    EDIT: Nossa, o que é aquele vídeo do tratamento das encomendas?
    Na parte que o carinha atira as encomendas no carrinho, chegou a doer em mim!

  • Highlander1313

    Alexandre, receba meus parabéns pelo EXCELENTE texto. Além de completo e bem escrito, rico em informações, extremamente pertinente! Quando eu era criança (tenho 34, nem faz tanto tempo assim) o Correio era sinônimo de competência, era um serviço q se resumia em uma palavra: confiança! Vc confiava no COrreio. Agora é um antro de ladrões, incompetentes, negligentes,desmotivados,etc,etc,etc… Já tive uns 5 pacotes roubad, digo, extraviados nos últimos tempos. Isso me deixa louco! Como pode um pacote q tem nome e endereço do destinatário ser extraviado???? Uma coisa é atrasar(o que já é ruim, mas suportável), outra é sumir… Eu não tenho dúvidas; isso é roubo!!! Lixo de serviço. Não adianta só mais concurso, tem q mudar radicalmente a filosofia da empresa. E ladrão tem q ser demitido – e preso.

  • hipercelo

    Com essa matéria lembrei de um dia que fui postar uma encomenda e no mesmo lado da caixa coloquei o REMETENTE e o DESTINATÁRIO. Aí, a atendente me disse que não deveria fazer isso pois o carteiro pode se confundir e enviar a encomenda de volta ao remetente.

    Aí eu pergunto: No concurso dos correios não é necessário LER? Será que o carteiro não sabe a diferença entre DESTINATÁRIO e REMETENTE?

    Temos que protestar sim, mas como está escrito: EDUCADAMENTE.

    Parabéns ao Blog por mais uma ótima matéria.

  • D4rth_Z8cr4m

    PQP. Por isso que eu sempre digo. Qualquer um passa num concurso, o difícil é ter cara bom para o trabalho. O pessoal o alto-escalão faz as cagadas, aí o funcionário da base se sente prejudicado, e o consumidor que se ferra. Tem que privatizar tudo.

  • VrilDox

    Alexandre, excelente texto. O segundo vídeo (sobre o tratamento das encomendas) sempre me deu calafrios (embora alguns na época da divulgação, JC included, não tenham visto nada demais).
    O panorama para o futuro é sombrio. O aparelhamento da empresa continua firme e a corrupção, já sabemos como caminha.

  • BelotoCabral

    Parabéns pelo post! Trouxe coisas que eu até desconhecia…. E de fato não sei de quem tenho mais pena: dos carteiros ou de nós?… Será que um dia tudo isso terá solução? Infelizmente, tal coisa ainda me parece longe….
    E o pior é que "arcamos" para um serviço dessa qualidade… E depois me criticam por eu ser tão anti patriota…

  • "Brasil! Mostra tua cara, Quero ver quem paga Pra gente ficar assim"…

    E ainda querem que levemos a sério este país?

    Está bem, mais uma vez, como somos brasileiros e não desistimos nunca, temos que pressionar para fazer valer nossos direitos.

    Que seja então.

    Porque do jeito que está, Correios (ou seria Brasil?) = FAIL.

  • josediogenes

    Parabéns Alexandre, post muito informativo e embasado. De fato os serviços de correios no Brasil estão muito podres, principalmente pelos problemas apontados na postagem de falta de pessoal e corrupção. Faltou só tocar no ponto da privatização ou não da instituição, se resolveria o problema. Particularmente eu sou contra a privatização dos Correios e si, mas sou a favor da quebra do monopólio e abertura do mercado com incentivos fiscais para empresas privadas com capital predominantemente nacional.

    • Obrigado JD!

      Não falei de privatização porque não quis ir muito para o lado político da coisa e polemizar em excesso. Mas minha opinião é que não adianta privatizar porque no Brasil isso é um jogo de cartas marcadas. Quem vence esses leilões não quer saber de investir; só quer o lucro fácil. Basta ver a Telefonica aqui em SP.

      Quanto ao fim do monopólio, acho praticamente impossível que ocorra. A lei que trata disso é antiga (1978) e precisava ser atualizada. Mas daí dependemos de nossos digníssimos representantes do Legislativo, que só se mexem quando é pra votar em interesse próprio.

      Enquanto isso, os cães ladram e a caravana passa.

  • chbossan

    ISSO, COMO JÁ DISSERAM AQUI, TEM QUE PRIVATIZAR..

    comprei 2 dois bds na play-asia, pelo site do correios, um chegou dia 18/04 e outro chegou dia 20/04 e até hj estão presos em algum lugar dos correios, PORQUE NÃO ME ENTREGAM????, será q vão assistir antes de me entregar????

    • rvarotto

      Não adianta privatizar se não houver concorrência…

  • aapples

    Videozinho pertinente:

    [youtube Rdy2O2Nifwo http://www.youtube.com/watch?v=Rdy2O2Nifwo youtube]

    • dj_edinho

      E os retardados do vídeo riem ainda ridículo!

  • Gregoriodaluz

    Cada vez é maior minha raiva pelos Correios. Tá na hora dos caras pintadas voltarem poh !!

  • shaka_rodrigues

    Olha, texto PERFEITO. Parabéns ao autor.
    Realmente deu gosto de ler pela riqueza geral do assunto, mas gesgosto TOTAL de ter os Correios como empresa brasileira….

  • SEMI

    Muito boa a matéria.

    O grande problema dos Correios é ser estatal, o que o obriga a carregar a grande e pesada máquina do estado (leia-se "burrocracia") para resolver qualquer problema interno, até a compra de uma caneta.

    Por outro lado, a privatização ou a quebra do monopólio levaria ao fechamento das inúmeras agências deficitárias que temos espalhadas por todo o país, principalmente em áreas menos favorecidas.

    E enquanto esse enigma de Tostines continua, a gente segue comendo bolacha murcha…

  • Wendelljbp

    Um excelente post para um situação tão lamentável. Eu fui um dos que ficou frustrado com o cancelamento do concurso dos correios, tantas horas gastas estudando (que não fora jogadas fora porque conhecimento nunca é demais) e ver tudo ir por água abaixo, graças a essa política vagabunda do nosso país.

  • carloshabermann

    Parabens, texto fantastico!

    O pior é que há uns 5 ou 6 anos ainda podíamos falar que o serviço dos Correios do Brasil era um dos melhores do mundo (se não O MELHOR), mas de lá pra cá tudo que vimos foi essa decadência contínua do serviço prestado. E infelizmente, não deve melhorar, pelo menos não no curto prazo.

  • RML7000

    Vendo esses vídeos aí da vontade de bater naqueles caras dos correios!!!! Parece que eles tão em pedreiras mexendo com pedras!!!! BANDO DE CAVALOS!!!!

    EI; CORREIOS; VAI 'TOMATECRÚ' ……………………..

  • wellingtonsouza

    E o que dizer quando o caso é uma compra feita no SUBMARINO cuja entrega fica a cargo CORREIOS? O resultado: objeto furtado e problema não resolvido pela loja que tem naufragado! Infelizmente, o "felizardo" consumidor que fazia parte deste caso era eu… Dia 10/05 constava, via rastreamento, que o objeto (BDs "Peixe Grande e Suas Histórias Maravilhosas" e "Carros", adquiridos na já rotineira promoção "2×1" da "loja azul") havia saído para entrega (mesmo dia que constava a postagem). Quanta eficiência, pensei inocentemente eu. Avisei a quem estava em casa para receber o produto. Para minha supresa, o status seguinte foi "destinatário ausente", sendo que havia o dia inteiro uma pessoa incubida de receber o objeto.

  • wellingtonsouza

    Até aí, o fato estava estranho, mas nada muito preocupante, dada a informação "será realizada uma nova tentativa de entrega". Dia 13/05, então, constava novamente o esperado "saiu para entrega". Mas, imaginem que "grata" surpresa foi o status seguinte??? "Por favor, entre em contato com os correios (…)", ou seja, o resultado da parceria SUBMARINO e CORREIOS. Por assim dizer: pedido roubado, problema não solucionado e consumidor de palhaço taxado!!!

  • Lembro muito bem dessa época de ouro dos Correios, lá nos anos 70. Enviei e recebi muitas cartas pela empresa e fazia várias compras de livros, por reembolso postal, sem nunca ter tido problema algum. Eram meus passatempos da minha adolescência: trocar cartas e colecionar livros.

    Mas agora são outros tempos e também já fui vítima de mercadoria extraviada por eles. Por sorte a loja on line onde comprei se prontificou a fazer outra remessa. E como sempre é bom dar crédito a quem merece, foi na Animaloja o bom exemplo.

    Sinceramente, esse caos dos Correios somente imagino consertado com a privatização.

  • Higor_Nunes

    É certo que nossa Receita tem sua parcela de culpa nas encomendas internacionais, mas os Correios vêm desempenhando sua função porcamente também.

    3 coisas:

    – Meu toca-discos, vinha dos EUA, rastreável e tudo… Quando só faltava sair para entrega (foi liberado pela Receita), sumiu, sem razão, o trajeto vinha sendo feito de maneira que se percebia que o endereço estava certo (RJ-PE-RN). O pacote não registrou mais eventos, reclamei, pediram tempo para averiguar e tentar encontrar, mas deram como extraviado no final. Foi frustrante, todo mundo aqui em casa estava esperando essa encomenda com entusiasmo. Vou entrar no Tribunal de Pequenas Causas, quero o valor do TD e dos custos de envio de volta, sem falar em indenização, para essa empresa tomar rumo! Dei até um tempo para ver se algo acontecia e a encomenda aparecia, mas agora é processo!

  • Higor_Nunes

    – As encomendas PAC que saem do Sul e do Sudeste para o RN passam por uma escala em Recife-PE que, muitas vezes, demora duas semanas ou mais (a encomenda sai do local de origem com o evento "encaminhado para CTE Recife – Recife/PE", e só depois de muito tempo aparece "encaminhado para CEE Natal – Natal/RN"). Da última vez a coisa demorou 14 dias entre ser encaminhado e sair de Recife, e na anterior foram 17 dias! Está mais que claro que esse entreposto de Recife está operando acima da sua capacidade!

    – Minhas encomendas Sedex estão demorando uns 2 ou 3 dias a mais para chegar se comparadas a 4 anos atrás.

  • Higor_Nunes

    Parabéns pelo texto, Alexandre!
    E mais uma bola dentro do BJC!

    • maistaperoa

      Concordo plenamente

  • Marcelo Lopes

    EXCELENTE POST, ALEXANDRE! Muito bem elaborado, parabéns pela pesquisa.
    Mesmo que você não queira entrar no mérito de privatização, respondo aos privacionistas: isso é exatamente o que os abutres querem! Ainda mais quando uma empresa anuncia um lucro desse! O comércio eletrônico (assim como o país) cresceu absurdamente, junto com o interesse em abocanhar dinheiro com encomendas que precisam ser entregues por alguém. Quem não quer ser esse alguém? A estratégia é a mesma das TELES, que viraram cabides de empregos de corruptos até que foram privatizadas. Graças a privatização das teles agora todo o Brasil tem fibras de 100 Mega chegando a suas casas, e barato. NOT!!

    Não sou a favor que as teles sejam realmente estatais, mas a forma como foram "dadas" e O RESULTADO OBTIDO não são muito animadores em relação aos Correios. Mesmo com a burocracia que atrapalha uma empresa estatal, os Correios devem ser um serviço PÚBLICO.

  • ronaldotokuno

    Então, concordo em tudo e até digo mais: não são só os Correios que sofrem desse mal. Repare que tudo o que é público também tem esse problema: Banco do Brasil, Petrobrás e a gloriosa Receita Federal. Aliás, esta última também mereceria um destaque igual a esse.

    Até acho que os Correios estejam se preparando para abrir capital, por visar tanto lucro e tanta contenção de despesas.

  • Clark

    É por isso que eu só compro pela Amazon pedindo o frete expresso. Claro que eu pago caro por isso e tenho que pagar todos os impostos, mas é muito mais seguro e eu recebo tudo em menos de 5 dias. Se eu compro na segunda, os meus Blu-Rayzinhos já chegam em casa na quinta (!!).
    Pra quem quer passar a comprar por courier, fica a dica: junte muita coisa no carrinho. Se você compra 30 itens de uma vez só, o frete acaba saindo caro mas, ao se dividir pelos itens, fica só uns 4 dólares por filme. E você pode pedir coisas em pré-venda, porque a Amazon.com divide seu pedido em vários pacotes e não cobra nada a mais por isso. Eu geralmente faço uma compra a cada 5 meses e fico recebendo pacotes o ano inteiro.
    Eu prefiro pagar os impostos (que são absurdos, eu sei) do que pagar e não receber nunca minha encomenda.

  • JulioHSM

    Excelente post. Parabéns! Estou com uma encomenda da Amazon US que era para ter chegado até 21 de abril e até agora nada. Outra da Amazon UK a data venceu dia 19 de maio e nada também. Alguém mais está nesta mesma situação? Será que é coisa dos Correios ou da alfândega? Estou começando a me preocupar, porque os carteiros não levam nenhum papel para assinar. Uma vez jogaram o pacote pela janela. Amassou a lata do Band of Brothers de um amigo meu. Se não entregam e não precisamos assinar nada, como comprovamos que não recebemos? Temos que contar somente com a honestidade dos carteiros? Que vergonha!

    • Estou esperando uma encomenda da Amazon US, que deveria chegar até o dia 19/04.

      No fórum do BJC há outros colegas com encomendas atrasadas.

      Pretendo esperar mais uns 15 dias para então entrar em contato com a Amazon (mesmo sabendo que provavelmente não é culpa dela).

      Correios FAIL, Receita FAIL, Brasil FAIL.

    • Leonardo Ferraz

      Chegou hj encomendas que eram para ter chegado dias 11 e 28 de Abril. Ainda tenho encomendad atrasadas para Fevereiro. Daí fica realmente a pergunta. Adiantaria reclamar com a Amazon, sendo que o problema é no próprio país de destino?

  • dowant

    Post espetacular, abordando minuciosamente as falhas desse serviço que um dia já foi bom.

    É uma vergonha termos que depender desse monopólio, uma vez que fica inviável (financeiramente falando) encomendar produtos através de Couriers (UPS, FedEx, DHL…), afinal, como já foi dito no texto, as taxações são absurdas (geralmente pagando o mesmo ou até mais o valor do produto).

    Novamente, parabéns!!!

  • Parabéns pelo texto, Alexandre.

    Realmente a situação dos nossos Correios é caótica e preocupante.

    O pessoal tem mesmo é que reclamar porque é o único jeito das coisas darem certo no Brasil mesmo..

    Já tive pacotes perdidos, danificados e tudo mais que se possa imaginar… Sempre que pude protocolei reclamação junto à ouvidoria dos Correios…Infelizmente, por não ser a remetente, não houve muito que pudesse fazer..

    Enfim, vamos contar que reclamando isso melhore…

    • Concordo plenamente.

      Vamos reclamar e protestar através dos locais apresentados no texto.

      Além disso, seria interessante enviar também o link desta matéria para os (ir)responsáveis pelos Correios.

  • brunomelo

    Sério que você copiou uma montagem que eu coloquei em meu site no dia 14/2/2008, e ainda tiraste a marca d'água? http://verdadeabsoluta.net/misterio/youve-got-mai

    E o ótimo texto, copiaste de onde?

    • Highlander1313

      Poderia ter reclamado a autoria da (ridículamente mal feita) montagem numa boa, sem fazer a acusação leviana de cópia do texto; apenas se colocando como autor da montagem e solicitando ou o crédito pela autoria ou a remoção. Se errou o Ingsoc, errou vc bem mais feio… E a mesma montagem aparece em um punhado de sites e em nenhum deles à referência de autoria, fica difícil saber q vc era o autor da montagem, ou quem era o autor…
      Obs.: Ah, vc não sabe o q é uma marca d'água, né? Pq aquela faixinha q vc colocou abaixo da imagem não é uma marca d'água chapa…

  • brunomelo

    Ah, e aposto que o comentário acima não vai ser publicado

  • brunomelo

    Sério que você copiou uma montagem que eu coloquei em meu site no dia 14/2/2008, e ainda tiraste a marca d'água? http://verdadeabsoluta.net/misterio/youve-got-mai

    E o texto, copiaste de onde?

    • A montagem eu tirei de outro lugar, já sem sua "marca d'água". Não havia referência de autoria, mas se isso incomodou tanto, já foi removida a figura.

      Já o texto, te desafio a provar que foi copiado de algum lugar. Existem vários modos de reclamar de algo. Você usou o menos elegante.

      • brunomelo

        Ah tá, copiou a imagem de outro lugar. É que eu também não vi a citação da fonte deste outro lugar que você copiou a foto.

        • Se eu cometi um erro, me desculpo por causa dele. Mas se você quer fazer disso um cavalo de batalha, está perdendo seu tempo. Da minha parte, este assunto está encerrado.

    • Highlander1313

      Curioso é q passei os olhos pelo teu site e tem uma centena de fotos lá sem menção da fonte ou autoria… Inacreditável…

  • Pingback: Kibada do dia()

  • thejedimasterbr

    putz,… tava mesmo pensando nisto, este final de semana…

  • RodrigoMSilva

    Apesar dos pesares, prefiro mil vezes que minhas encomendas sejam entregues pelos Correios do que por qualquer outra transportadora, já tive centenas de compras de CDs e DVDs entregues pelos Correios e nunca tive problemas de extravio nem de prazo de entrega já por outras transportadoras é melhor esquecer, é obvio que já recebi alguns estojos danificados, mas isso também em boa parte se deve aos malditos sacos plásticos de Submarino, Americanas e Walmart que em alguns casos não vem nem com plástico bolha, já compras feitas na Videolar aí sim nunca recebi um produto com um risquinho sequer, pois o sistema de embalagem de caixas de papelão reforçadas e não compactadas da Videolar é disparadamente a melhor proteção para uma encomenda chegar intacta, mas é claro que uma grande melhora dos Correios seria muito bem vinda.

  • AntonioPsycho

    Bom texto, gosto muito dos posts do Alexandre.

  • thejedimasterbr
    • Essa é outra vergonha que acontece em republiquetas de gente mal-educada e desamparada como a nossa.

      Parece lei: todo e qualquer veículo que tomba neste país deve ser e será saqueado por populares, impunemente, independente do conteúdo que estiver carregando.

      Isso só mostra como somos TERCEIRO MUNDO.

  • ArthurOtaku

    Os correios são apenas mais uma empresa q sofre do "mal Brasil", não investem, roubam tudo q entra, a demanda aumenta e bate a porta, arromba e invade, aí começam a tentar resolver o problema, tarde demais, impossivel de resolver

    Em relação a caveira do nosso amigo, a culpa não foi só dos correios, o acondicionamento q a amazon usa em alguns produtos (grandes principalmente) é de dar medo, eles escolhem a caixa com a dimensão mais parecida e coloca o produto largado lá dentro sem nenhum fixamento, tem q torcer para que seu produto tenha a mesma dimensão da caixa da amazon senão ele vai sambar por semanas

  • rnjr

    Excelente material! Parabéns a todos do site. A empresa dos correios foi boa, para voltar aos velhos tempos é só o governo investir. Tchau.

  • Pingback: Sobre Compras Internacionais e a ShopTo despachando em 5 minutos | HIDEFGAMES()

  • Caraballo

    Excelente post!
    É realmente lamentável isso, eu tive a oportunidade de ver pessoalmente como eles colocam o pacote na van, parecia mais uma competição de arremesso, detalhe: uma das caixas com o aviso 'este lado para cima' estava virada para baixo, e com peso sobre ela.

  • Henrique Higino

    Excelente, só falou verdades. É decepcionante saber que nossas encomendas passam pelas mãos de tanta gente incompetente e de tantos ladrões, afinal extravio agora já virou rotina. O pior é ver gente desinformada que defende essa empresa e tem capacidade de dizer que é o melhor serviço postal do mundo, piada né?

    Enfim, parabéns pelo post e pra mim só faltou no final aquela imagem do "Brasil, aqui você é o palhaço".

    😉

  • Eduardo Torres

    Se os correios fossem privados- COMO ERA BOM FHC NISSO!!! Seriam como as operadoras de celular. Não prestam mas tem como recorrer. E aqos correios????!!!

  • rod2810

    medo, muito medo…meus jogos de março (o primeiro em 02/03/11)mais quatro em março tb, até hoje não chegaram. desisti de importar…demorar pra chegar/ser tributado é normal, até um extravio encaro como aceitável, agora NADA chegar…não da. não sei de quem é a culpa, se dos correios ou da receita ou dos dois, só sei que do jeito que ta…vou ficar só na vontade de comprar mesmo…pelo menos até olhar mais uma vez o bd do cisne negro da amazon.uk (pqp, que raiva):'(

  • Rafael Poggi

    Se os correios só trabalhassem basicamente com cartas, como antigamente, o serviço seria melhor. Mas a corespondências passaram a ser feitas por e-mail praticamente, cabendo então aos correios apenas encomendas. Mas pelos motivos expostos na – excelente! – matéria, sei não… não vejo luz no fim-do-túnel. Definitivamente, esse não é um país sério…

  • Joao Fabio

    Estou com uma encomenda perdida há 40 dias e ninguém consegue me dar uma resposta consistente. Pelo tracking ela saiu de um lugar mas nunca chegou em outro. Depois da primeira reclamaçao ela apareceu em outro estado e foi enviado pra SP mas há mais de 15 dias e ainda não chegou.
    É um absurdo uma empresa que tem seu maior foco em entregas não conseguir entregar.

  • damundel

    Excelente texto, parabéns ao autor, mas será que alguém da "parte interessada" vai ler, seria legal algum
    diretor ler, e ver, que "sua" empresa vai de mal a pior !!!

  • HCesconeto

    Realmente um artigo de admirar, parabéns ao Alexandre, este é um dos, senão o, melhor texto deste blog, Parabéns!

  • DomVitto

    Bravo !
    Apesar de não ter lido nada que eu já não soubesse, este foi dos melhores posts que já li no BJC…

    A ECT sofre de problemas generalizados, e com a disseminação das compras virtuais, nós estamos cada vez mais vulneráveis aos atrasos e "sumiços" de encomendas.

    Solução fácil não há, e assim como os Correios não pioraram da noite para o dia, também não vai melhorar instantaneamente… há muito o que ser feito, começando pelo fim das indicações políticas até a valorização dos carteiros.

    Parabéns Alexandre Prestes, pelo texto muito bem trabalhado e argumentado!

  • jefferock

    Excelente Post! Informações que muitos aqui desconheciam, e ainda com provas! Show de bola!

  • brunofm

    Não tenho nem mais o que dizer aqui, animal o texto!

  • danete

    Eu nunca tive problema com os Correios, inclusive prefiro sites que enviem pelos Correios do que por transportadora. Mas estou ciente desses atrasos, principalmente em pacotes não-Sedex.

  • nicksondg

    Ótimo texto!! Confesso que não aguentei assistir ao video dos caras jogando os pacotes até o final… um video muito forte para pessoas cujas encomendas se encontram extraviadas =/
    Óbviamente eu já tive algumas encomendas extraviadas, e as que chegam, demoram mais de 3 ou 4 meses pra chegar. Infelizmente é uma situação que atualmente temos que aguentar, principalmente pela absurda diferença de preços lá fora e por aqui.

  • Highlander1313

    A situação do Correio é tão crítica q eu já tiro atraso de letra. Se for entregue (e não roubado ou "extraviado") e estiver inteiro, já me dou por satisfeito.

  • logandaniels

    Sou cliente heavy user Correios e nunca tive problemas sérios. Sempre fui tratado com profissionalismo e respeito.

    Acho engraçado que o autor diz que é caro, mas cita que é impraticável usar as couriers em função do preço. Tb cita que o preço das remessas para o exterior pelo Correio é caro, mas por outro caminho o processo é complicado e mais caro.

    Disse que a carta é cara, mas pergunto: quantos brasileiros ainda mandam cartas? Para os mais pobres, existe a carta social por R$0,01.

    Ou seja, não se pode acreditar em tudo que se lê, quanto mais dar crédito à pessoas que não conhecem o assunto do qual escrevem. Lamentável.

    • Primeiro, só porque você nunca teve problemas sérios não significa que o sistema funcione a contento. Isso é um argumento falacioso (evidência anedótica) que cai por terra facilmente; basta ler o artigo e as referências apontadas com mais atenção.

      Segundo, se você realmente tivesse lido o artigo, perceberia que pagamos mais caro pelo mesmo tipo de serviço, comparado com outros países. Mesmo assim, o foco do artigo não foi preço, mas sim qualidade de serviço. Tem certeza que você leu o artigo todo?

      Terceiro, medir as necessidades dos outros baseado nas suas é insensato. Você pode até não mandar mais cartas, mas certamente existem pessoas que mandam e que precisam que estas cartas cheguem em seu destino. Vale lembrar que empresas utilizam muito cartas comerciais e que boletos e faturas também são correspondências que precisam chegar antes do prazo de vencimento.

      Quarto, se você conhece mais sobre o assunto do que outras pessoas, por que não utilizar esta capacidade para rebater os pontos expostos no artigo de forma lógica e embasada? Lamentável mesmo é uma pessoa não ler o artigo direito, não se importar com os problemas dos outros (isso tem nome: egoísmo) e nem ao menos se expressar de forma clara ou educada para acrescentar alguma coisa ao debate.

  • luizcarlos_jr

    Somente 9.2% das bilhões de encomendas não são entregues no prazo e o pessoal tá reclamando! É possível passar muitos meses sem atrasos! Fala sério! Eu nunca tive qualquer tipo de correspondência atrasada. Pelo contrário, chegam na maioria das vezes antes do prazo! Sempre que compro alguma coisa pela internet que chega pelos Correios, está muito dentro do prazo. Já as transportadoras privadas são infernais, elas sim são as vilães! Só compro agora se for enviado pelos Correios. Dá até para rastrear o local em que a encomenda está e as informações são atualizadas mais de 1 vez ao dia. Parabéns aos nossos Correios!

    • Se as suas correspondências estivessem neste grupo de não entregues no prazo, você também reclamaria. Tente ver o todo, ao invés de focar apenas nessa visão parcial das coisas.

      As transportadoras privadas são ruins? Sim. Mas isso não exime a ECT das falhas que anda cometendo.

    • Highlander1313

      Só pq vc nunca teve problemas não quer dizer que os problemas não existem! Eu já tive pacotes extraviados (ou mais provavelmente roubados) diversas vezes, e já recebi correspondências e encomendas com atraso algumas dezenas de vezes. Eu e mais uma porção de gente. Se vc está satisfeito com o serviço, beleza, mas há uma imensidão de gente enfrentando problemas, que inclusive já são conhecidos até mesmo do governo… Fala sério vc!!

  • Excelente matéria
    Sempre reclamo ao Correio quando algo que envio atrasa e sempre recebo o dinheiro de volta

  • Ou seja, em outras palavras: a logística no Brasil vai de mal a pior

  • felipe_

    Pessoal, preciso de uma ajuda. Eu fiz uma compra internacional e o vendedor pôs seguro, então tinha número de rastreio e tudo. A encomenda chegou aqui no Brasil em alguns dias e depois o rastro ficou mais de 3 meses sem atualizar. Agora eu tento procurar pelo rastro e fala que o número não foi encontrado. O que eu posso fazer? Se a encomenda tiver sido perdida eu tenho direito ao reembolso?

  • Alexandre, meus parabéns pela ótima matéria publicada. Bem escrita, detalhada, bem exemplificada, enfim, jornalismo de primeira qualidade. Tenho dificuldade em encontrar um texto assim nas ditas mídias tradicionais, que hoje são linhas de produção de clippings traduzidos às pressas por estagiários que não parecem dominar o português.
    E parabéns ao BJC como um todo, que além das valiosas dicas para nós colecionadores ainda se dedica a debater assuntos relevantes em nosso país.

  • Euler Lima

    A situação é feia mesmo, para quem tá dentro da empresa então…
    é muito triste ter que ler publicações como esta e ter que concordar, mas a verdade é que estão querendo apenas encher os próprios bolsos e para isso não ligam se estão acabando com os Correios. Não ligam para os clientes nem para os funcionários. Os funcionários dos Correios tem os piores salários entre as estatais, mesmo com a empresa sendo uma das que mais dão lucro. A PLR (participação nos lucros e resultados), são uma vergonha, já houve casos em que funcionários sem faltas ou qualquer ato que o desabonasse receber R$ 350,00 de PLR, e os diretores regionais receberem a bagatela de R$ 40.000,00, bem justo, não? Tudo isso sem falar nos incríveis acordos coletivos de trabalho, que no ano de 2009 foi bianual, e teve caso de funcionário receber, R$ 1,00 de aumento como reposição da inflação em 2010.

  • HighLander1965

    É Alexandre, gostei da sua pesquisa; espero que as coisas mudem com a medida provisória que cria o Correios S. A.! Permíta-me duas correções: O serviço de "Encomendas" não é monopólio Postal, até você pode ter uma Empresa para entregar encomendas; e o peso da bolsa de Carteiro não pode passar de 10 quilos (homem) e 8 quilos (mulher), apesar disso não pense que a entrega se limita a apenas uma bolsa por dia, blz….;)

  • maistaperoa.com

    os correios precisam melhorar muito, a demora é muito grande, sem falar nos vídeos que tem na internet mostrando como as mercadorias são tratadas, são jogadas, como se fosse lixo por seus funcionários. http://www.maistaperoa.com

  • DIJANE

    OS CORREIOS É UMA EMPRESA QUE NA MEDIDA DO POSSÍVEL, ATENDE BEM SEUS CLIENTE, E FUNCIONÁRIOS SE COMPARA A OUTRAS EMPRESA NO MESMO CAMPO DE SERVIÇO ,E EM LOGÍSTICA ATENDE A TODAS AS CAPITAIS E INTERIOR.E CONCERNE-TE A PRAZO JÁ VI OBJETO SER POSTADO DO SUL PARA O NORTE E CHEGAR NO DIA SEGUINTE VAI DEPENDER DA DEMANDA .
    JÁ VI EXEMPLOS DE OUTRAS EMPRESA DE NOME QUE EXTRAVIOU OS OBJETOS DO SEUS CLIENTES,E TAMBÉM DE OBJETOS POSTADO NOS CORREIOS SÓ PORQUE OS CLIENTES MORAM EM ÁREAS DIFÍCEIS , DE ENTREGAR ,PREFEREM POSTAR PARA OS CORREIOS ENTREGAR .
    PAGÃO MISÉRIA PARA SEUS FUNCIONÁRIOS DELES,QUE MUITAS VEZES NEM VINCULO COM ESSA EMPRESA TEM ,PAGA CENTAVOS POR ENCOMENDAS ENTREGUES OS SEUS FUNCIONÁRIOS POR ISSO É MAS BARATO,ELES NÃO DA CONDIÇÕES DE TRABALHO, ALGUMAS DELAS SÃO DESUMANA ELES NÃO SÃO PERFEITOS.
    TUDO DEPENDE DO CONTEXTO ,CLARO QUE OS OBJETO QUE VEM DE AVIÃO É MAIS CARO ,E MAI RÁPIDO, DO QUE O OBJETO QUE VEM DE CAMINHÃO . VOCÊ PODE ACOMPANHAR O ANDAMENTO DO SEU OBJETO E CASO ACONTEÇA ALGUMAS COISA ELE ESTA PROTO A RESOLVER.
    MELHORAR TUDO PRECISA MELHORA NO BRASIL, AS ESTRADAS,OS AEROPORTOS ,E ATE MESMO AS PESSOAS .

  • Rejane Bps

    Pessimo atendimento- agencia do correio do barra shopping rio de janeiro.

    Tem alguem aí!!!! quem tem denuncia gritante a agencia do correio do barra shopping rio de janeiro? A minha situaçao só Deus sabe…. e eles os funcionarios envolvidos que se acham acima da lei poder inabalavel de suas funçoes.Estou aguentando coisas, pessimo atendimento ao cliente de contrato, nao respeita o cliente , abuso de poder; quando nao quer atender o cliente fica um jogo pra la e pra cá com o cliente tenho que brigar para ser atendida com a dignidade que mereço receber pois estão la pra isso atender.Todos os funcionarios da agencia do barra shopping estão precisando passar por reciclagem de como atender pessoas humanamente, os clientes de contrato, etc… fazer esta agencia que já é muito conhecida no barra shopping “EXEMPLO” AGENCIA MODELO,pois,o atendimento próprio dos Correios já é considerado deficiente.

    O QUE ME RESTA A FAZER DENUNCIAR NA INTERNET O PROBLEMA INSOLUVEL.

  • Roberto

    ” Quantas vezes tive que retirar sedex da agencia próxima a minha casa por que não entregam direito, você fica o dia inteiro à espera passam duas, três, kombis na tua rua e nada não entregam na tua mão, os carteiros ficam debochando fazendo pouco da tua cara ou te tratam com grosseria nós que sustentamos eles, achando que estão fazendo favor, já vi uns que nem colocam cartas nas caixas dos correios jogam por cima das portas, na má vontade, lamentável, eu antigamente era contra isso hoje sou mais do que a favor, tem que privatizar tudo mesmo.

  • Dênis Schimidt de Oliveira

    A área de TI dos correios é uma piada. Lido diretamente com eles e o que vejo é muito despreparo por parte dos profissionais de lá, desleixo (pois nunca serão mandados embora), incompetência e falta de planejamento para evoluir os seus respectivos sistemas internos. Resultado problemas, falhas e erros são e serão cada vez mais comuns nos nossos correios infelizmente.