Post do leitor: Versátil – a Criterion brasileira?

clip_image002[4]

por Igor Moraes

Motivado pelo artigo sobre a Criterion, resolvi escrever este post sobre aquela que poderia ser chamada de “a Criterion brasileira”. Trata-se da Versátil, empresa que se dedica ao lançamento de produções clássicas ou consideradas cult, do cinema nacional e internacional. Os cinéfilos colecionadores sabem bem que o número de lançamentos dessas produções é muito pequeno, sendo ainda hoje difícil encontrar diversos títulos importantes e até relativamente populares entre o público brasileiro. A Versátil, juntamente com algumas outras poucas independentes, a exemplo da Classicline, Lume e Imovision, é responsável por tornar disponível no mercado brasileiro algumas obras-primas de importantes e cultuados atores e diretores. Pode até surpreender alguns, mas a verdade é que temos uma empresa que se destaca no home video nacional pela alta qualidade de apresentação e conteúdo de seus produtos.

clip_image004[4]

Tendo realizado seus primeiros lançamentos de DVDs em 1999, a Versátil busca desde então, na maior parte dos títulos, disponibilizar uma alta qualidade de imagem e áudio, além de extras. O mínimo que um cinéfilo pode querer para poder assistir bem a um grande filme, e que um colecionador pode exigir para ter em sua coleção. Infelizmente, não é fácil para uma produtora independente brasileira conseguir os direitos de grandes filmes, da mesma forma que de cópias de boa qualidade técnica. Para tanto, frequentemente realiza parcerias com estúdios, empresas e produtoras de diferentes países, as quais são especificadas nos DVDs, deixando claro a legalidade na comercialização de tais produtos, ao contrário do que faz a criticada Continental e suas edições caras, de baixa qualidade técnica e de apresentação e origem suspeita. Porém, parte desse alto custo de produção acaba sendo repassado ao consumidor, que tem títulos disponibilizados a preços geralmente elevados, mas que acabam por serem justos na maioria das vezes, tendo em vista a alta qualidade do produto apresentado. Mesmo no caso de filmes em edições simples e sem extras, que costumam ser lançados a valores em torno de R$40 e que dificilmente entram em promoção em lojas online.

Apesar de ter citado a falta de extras em alguns títulos, faço uma pequena observação: em todos os DVDs lançados, a Versátil insere informações em texto sobre a vida e a obra do diretor e atores principais. A maioria dos colecionadores não consideraria isso como um verdadeiro extra, mas pode-se dizer que a empresa não deixa que os DVDs apresentem apenas o filme, sem oferecer pelo menos uma informação adicional. E pode-se dizer que esses textos muitas vezes são interessantes para conhecer mais sobre a carreira do cineasta, contribuindo para o conhecimento cinematográfico de quem assiste.

clip_image006[4]

Em questão de extras, a Versátil já conseguiu fazer um show à parte em vários lançamentos, inserindo materiais não existentes em nenhuma outra edição no mundo e até produzindo seus próprios extras . Para ilustrar isso, além de mostrar a seriedade e a competência dessa empresa brasileira, cito a fantástica edição do filme Freud – Além da Alma (1962). Essa produção do renomado diretor John Huston é há tempos cultuada por cinéfilos e especialmente por especialistas, estudantes e interessados na área da Psicanálise, cujo pai tem a história retratada na obra. O filme deixou de ser reprisado na televisão há muitos anos e a única forma de assistir a ele era em cópias em VHS gravadas das últimas exibições (e que circula digitalizada na Internet, mas com qualidade no mínimo sofrível). Curiosamente, essa produção americana nunca foi lançada em DVD nos EUA, nem pela Universal, produtora e detentora de seus direitos, nem pela Criterion ou mesmo por outra empresa menor, sendo a Espanha o único país do mundo em que Freud – Além da Alma foi lançado, em uma edição simples e sem extras, pela Universal. No final de 2009, a Versátil lançou no mercado brasileiro o filme em sua melhor edição existente no mundo (leia mais nesta resenha). Está certo que ela saiu mais cara até mesmo para os padrões da empresa (em torno de R$65 por um DVD duplo), mas tendo em vista a alta qualidade da apresentação e do conteúdo, posso afirmar por experiência própria que vale cada centavo para um cinéfilo.

clip_image008[4]

Com relação a apresentação, a Versátil também sabe fazer um bom trabalho. Ainda que a maioria dos títulos seja lançada em Amarays simples, a empresa faz uso frequente de luvas, com belas artes e até alto relevo e brilho em alguns casos. Isso sem contar o uso de Digipak em certos boxes, como os da minissérie Marco Polo e de Sissi – Coleção Definitiva.

clip_image010[4]

A Versátil vem lançando há alguns anos filmes do diretor sueco Ingmar Bergman. A meta da empresa é disponibilizar toda a filmografia dele em DVD no Brasil. Até hoje, já foram lançados mais de 30 filmes, que foram reunidos em 11 boxes. Também possui entre seus títulos, grande parte da filmografia de outros grandes nomes da sétima arte, entre eles Federico Fellini, Luchino Visconti, Roberto Rossellini, François Truffaut, Pier Paolo Pasolini, Claude Chabrol, Marcel Carné, Franco Zeffirelli, Krzysztof Kieslowski, Ettore Scola, Max Ophüls, Robert Bresson, Jean Renoir, William Wyller e Douglas Sirk. Entre os títulos do cinema nacional, a Versátil foi responsável pelo lançamento de parte da obra de um dos maiores diretores brasileiros, Glauber Rocha. A empresa lançou há alguns anos cinco de seus principais filmes em versões restauradas e em edições duplas, repleta de extras, sendo que quatro destes em parceria com a Petrobras. Entre os clássicos, Deus e o Diabo na Terra do Sol (1964) e Terra em Transe (1967). Vale citar também o lançamento de títulos dos diretores Arnaldo Jabor e Sérgio Bianchi.

clip_image012[4]

Vale mencionar que a Versátil não lança em DVD apenas filmes. Ela também costuma disponibilizar também documentários e até shows musicais, a exemplo de dois concertos do cultuado compositor de trilhas sonoras e maestro Ennio Morricone. Também lança ocasionalmente minisséries, muitas de origem europeia, as quais se podem citar algumas raras italianas como A Vida de Leonardo da Vinci (1971), Giuseppe Verdi – Sua Vida, Sua Obra (1982) e Marco Polo (1982). Além disso, a Versátil possui um ramo de lançamentos de DVDs espítiritas, com títulos de filmes e documentários sobre o Espiritismo.

clip_image013[4]

Com relação ao mundo da alta definição, a Versátil ainda não entrou completamente. Até o momento, a empresa lançou apenas 4 títulos em Blu-ray: Cinema Paradiso (1989), O Sétimo Selo (1957), o documentário Baraka (1992) e a Coleção Marcelo Pagnol, com os filmes A Glória de Meu Pai (1990) e o Castelo de Minha Mãe (1990). Estão programados mais dois títulos, mas ainda sem data: Janela para o Amor (1985) e o documentário Microcosmos – fantástica aventura da natureza (1996). A expectativa é que, com a popularização cada vez maior do formato no Brasil, a Versátil torne os lançamentos em Blu-ray mais frequentes e traga pelo menos alguns dos grandes clássicos que vêm sendo lançados no exterior e também produções nacionais.

A Versátil, portanto, é uma empresa acima da média, se comparada às demais que atuam no Brasil. Dizer que ela é uma “Criterion brasileira” talvez seja um exagero. Mas faz um trabalho sério, dedicado, competente e comprometido com o colecionador e com o cinéfilo em geral, apesar de obviamente enfrentar grandes dificuldades por ser uma empresa brasileira independente nessa complexa área do home vídeo. Dessa forma, acaba sendo a produtora nacional que, somando o gênero trabalhado, o público-alvo e o produto final apresentado, mais se aproxima da tão falada americana, provando que com um pouco de interesse e procura, é possível encontrar muitas edições nacionais fantásticas em DVD e Blu-ray. Não venho por meio deste texto fazer qualquer tipo de propaganda, mesmo porque não estou ganhando nada com isso, mas pretendo apenas fazer ser reconhecido um trabalho de qualidade, que existe sim em meio a tantos problemas. A verdade é que nos últimos tempos grande parte dos colecionadores tem ficado muito mais atenta aos lançamentos e promoções em outros países e acaba prestando pouca atenção em pequenas maravilhas que vez ou outra saem por aqui. Então, conheça o acervo de títulos da Versátil e iniciemos um período de valorização do produto nacional, assim como de luta por melhorias no home video brasileiro, para que as demais empresas também se dediquem dessa mesma forma em proporcionar aos colecionadores produtos de alta qualidade.

---------------------------------------------------
Edições especiais em Blu-ray de clássicos do cinema recomendadas pelo BJC
(todos com legendas e áudio em português brasileiro):

Dificuldades em comprar na Amazon? Visite o nosso Guia de Compras no Exterior!

Categorias: Blu-rayDVD

Tags: ,

Sobre o autor

Este post foi escrito por um leitor do site.