Sua encomenda está ATRASADA? Então reclame no lugar CERTO!


Este é um dos centros de distribuição da Amazon.
Sua encomenda até sai de lá, mas difícil MESMO é você receber no prazo!

Não é de hoje que nós aqui do BJC reclamamos dos atrasos nas entregas de encomendas internacionais, principalmente da Amazon dos Estados Unidos. Isso inclusive é assunto recorrente no Twitter e agora no Fórum BJC, pois alguns produtos estão demorando mais do que o normal (de 90 a 120 dias) para chegar ao destino.

Pela nossa experiência em importações, sabemos que a culpa desses atrasos não é da Amazon. O problema está no desembaraço aduaneiro aqui no Brasil. A estrutura existente para tal serviço está defasada, e com o aumento contínuo de compras internacionais por parte dos brasileiros, a situação se agravou ainda mais.

Meu Blu-ray do U2 que deveria estar aqui dia 1 de julho ainda não deu as caras

Como a revolta é grande, acabamos colocando a boca no trombone (até por que os impostos que pagamos TODOS OS DIAS nos dão direito de reclamar SIM). Porém, temos relativamente pouco tempo de cultura como consumidores DE VERDADE e, invariavelmente, reclamamos nos lugares errados (ou que dão pouco resultado no final das contas).

Foi percebendo isso que um leitor do BJC que trabalha na Receita Federal resolveu escrever explicando melhor como proceder para reclamar sobre o assunto. Ele pediu para não ser identificado, por isso chamaremos ele de Luke .

Luke afirma em seu e-mail que a Receita possui profissionais competentes e que o problema é realmente estrutural. Diz também que existe um lugar certo para reclamarmos desse problema que envolve as nossas compras internacionais. O texto do Sr.Luke é muito bom, portanto vou reproduzir abaixo quase tudo o que ele escreveu. Vale a pena ler:

JC, boa tarde.

Trabalho na Receita Federal do Brasil, também sou colecionador de DVDs e BDs, frequento sua página já há muito tempo e admiro o seu trabalho. Estou escrevendo para lhe pedir um favor. Sugira aos frequentadores do seu blog que em vez de ficarem de mimimi no Twitter, que entrem na página da ouvidoria do Ministério da Fazenda e registrem a sua queixa quanto à demora na liberação de encomendas.

A RFB é um dos poucos órgãos públicos brasileiros que pena com a falta de funcionários, acredite. Enquanto prefeitos, governadores e deputados têm que ficar inventando cargos para colocar seus assessores, aqui, por exemplo, na agência que chefio, temos três servidores para atender a mais ou menos 300.000 pessoas físicas e, obviamente, mais algumas milhares de pessoas jurídicas ativas. É insano e o trabalho nas alfândegas não é diferente.

A RFB tem um dos melhores quadros de servidores do Brasil, nosso concurso não é difícil à toa. Existe um filtro mesmo e tem que ser assim porque o trabalho é complexo. A liberação das mercadorias não é lenta por despreparo dos servidores, é lenta porque FALTAM servidores. Os administradores da RFB têm consciência disso, mas não conseguem a criação de novas vagas nos concursos para a carreira de auditoria simplesmente porque não têm subsídios para o fazerem. Praticamente não há reclamações formais quanto a atrasos no atendimento ou liberação de encomendas de pessoas físicas. Ora, se ninguém reclama (formalmente) da demora, então, a demora não existe. Ficar de mimimi no Twitter? “Vou xingar muito no Twitter… “?

Ora, convenhamos, se não há ninguém reclamando formalmente, como é que um superintendente vai chegar para o Secretário da Receita e dizer: “Olhe, estamos precisando de mais servidores. As pessoas estão reclamando que a liberação das encomendas está atrasando demais, etc.”
Sempre que acontece algum problema em minha agência, quer por nossa culpa ou não, oriento as pessoas a procurarem a ouvidoria. Só assim melhoramos.

Sugiro, também, que dê uma olhada na Carta de Serviços do Ministério da Fazenda que estabelece prazos para o atendimento de diversos serviços prestados pela RFB. Infelizmente, como irá perceber, o desembaraço de mercadorias importadas via Internet não têm, na Carta, um prazo máximo estabelecido para conclusão. Creio que essa também seja uma questão a ser levantada junto à ouvidoria.

Outra coisa, é preciso persistência. No serviço público nada muda de uma hora para outra, é preciso reclamar e cobrar sempre. Só assim, para que o barulho chegue aos ouvidos de quem realmente tem poder para realizar as alterações necessárias.

Reclamem FORMALMENTE, por favor. Outra coisa, a ouvidoria aqui funciona MESMO.

Se você concorda ou discorda do que o Luke disse no texto acima sobre os profissionais da Receita, não vem ao caso agora. O que ele tem razão sem dúvida alguma é sobre a nossa postura como consumidores que não acionamos os canais CERTOS para reclamar. Reforçando:

Agora já sabemos a quem recorrer. Tomara que dê certo. Eu já fiz a minha parte, espero que você seja acima de tudo cidadão e também faça a sua, registrando a  insatisfação onde ela deve ser REALMENTE registrada.

-----------------------------------------------------------------------------------

Todas as temporadas de LOST com áudio e legendas PT-BR:



Dificuldades em comprar nas Amazons? Visite o nosso Guia de Compras no Exterior!

Categorias: Protestos

Tags: , , , , ,

Sobre o autor

Jotacê é viciado em DVDs desde 2004 (começou tardiamente, na idade do metal discóide furado). Hoje em dia compra poucos DVDs para investir mais nos discos do raio azul (que coleciona desde 2008). Resolveu ter um site em 2008 para que fosse possível publicar tudo o que pensava sobre os disquinhos lançados no Brasil. E cá estamos nós! Twitter | YouTube | Flickr | Coleção