Fox: a PIOR produtora do Brasil

Imagem oficial do movimento #MeRespeiteFox criada pelo BJC. Use onde quiser!

Chegou a hora de revelar todos os fatos que levaram a Fox do Brasil a ser considerada a pior produtora na atualidade. A maioria dos fatos nós já conhecíamos, mas vamos detalhar um pouco mais para que ninguém tenha dúvida do que está acontecendo com a produtora mãe dos envelopes de papelão.

Vamos ao Top 5 da pior do Brasil:

1 – Estojo Slim para filmes em DVD

O estojo fininho é o ícone da rejeição contra a Fox. Já explicamos os motivos dele ser tão ruim e repulsivo para quem coleciona lá em 2008. E sem nenhuma dúvida é o fato mais triste e lamentável para quem valororiza o produto original no Brasil. Já concluímos depois de alguns Jotacasts que a adoção deste estojo em nada tem a ver com pesquisa de consumo ou com o custo da embalagem.  Na real, isso tudo tem relação com os custos DO FRETE, já que no mesmo volume que cabiam 50 DVDs agora cabem 100 unidades. E essa economia BURRA acaba revertendo em maior lucro para a produtora (ironia on imagino que agora seja gigantesco ironia off).

2 – Maior número de séries interrompidas

Um levantamento feito em conjunto com o blog TVCINEMADVD revelou que a Fox do Brasil é a produtora que descontinuou o maior número de séries no Brasil.  Desde 2006, ONZE títulos foram deixados de lado aqui na terra do macacão em comparação com os lançamentos nos Estados Unidos e Europa.

Sabemos que este é um fenômeno que atinge praticamente TODAS as produtoras (que tentou ser explicado pela diretora da UBV nesta entrevista exclusiva ao BJC). Mesmo que as taxas do Condecine sejam altas, nada justifica tamanho desrespeito, ainda mais com o preço de uma série de TV no seu lançamento no Brasil.

Vejam a lista abaixo, que foi ampliada a partir do post do Igor:

  • M*A*S*H*

Brasil: 3 temporadas (último lançamento em 30/07/2008)

EUA: 11 temporadas e box com a série completa

  • That’s 70’s Show

Brasil: 4 temporadas (último lançamento em 16/04/2008)

EUA: 8 temporadas e box com a série completa

  • Angel

Brasil: 2 temporadas (último lançamento em 10/01/2007)

EUA: 5 temporadas e box com a série completa

  • Buffy: A Caça Vampiros

Brasil: 5 temporadas (último lançamento em 11/04/2007)

EUA: 7 temporadas e box com a série completa

  • Ally McBeal

Brasil: 3 temporadas (último lançamento em 27/02/2007)

EUA: 5 temporadas e box com a série completa

  • Roswell

Brasil: 1 temporada (último lançamento em 22/05/2006)

EUA: 3 temporadas e box com as três temporadas

  • Fama

Brasil: 1 temporada (último lançamento em 25/06/2007)

EUA: 2 temporadas e box com as duas temporadas

  • The Riches

Brasil: 1 temporada (último lançamento em 20/05/2008)

EUA: 2 temporadas [1] [2]

  • As Garotas da Mansão Playboy

Brasil: 1 temporada (último lançamento em 13/06/2007)

EUA: 5 temporadas [1-5]

  • O Rei do Pedaço

Brasil: 4 temporadas (último lançamento em 18/09/2007)

EUA: 6 temporadas [1-6]

  • Dharma & Greg

Brasil: 1 temporada (último lançamento em 27/02/2007)

Reino Unido: 2 temporadas [1] [2]

  • Nova York Contra o Crime

Interrompida no mundo inteiro na quarta temporada (não contabilizamos este título na estatística final).

No total, foram nada menos que 30 temporadas não lançadas pela Fox, deixando colecionadores e fãs em eterna espera, com suas séries preferidas incompletas.

Vários sites e comunidades especializadas tem solicitado para a Fox o retorno do lançamento da maioria desses títulos. A resposta do SAC da empresa sempre é a mesma, dizendo que não há previsão para a volta dos lançamentos.

Depois da Fox, a Warner vem em segundo com 10 descontinuações, ao lado da Universal também com o mesmo número de series interrompidas. Conforme o próprio Igor muito bem lembrou, as produtoras que mais descontinuam são as que possuem as piores embalagens.

3 – DVD no envelope de papelão

Alguém lá na Fox teve a “genial” ideia de concorrer com os DVDs piratas, criando a maior aberração do mercado de home video brasileiro: DVDs originais em envelope de papelão. O problema é que o curso de MBA desses diretores de marketing da Fox não ensinou que pirataria é um problema cultural do brasileiro e, assim sendo, quem compra pirata CONTINUARÁ COMPRANDO o produto falsificado e quem coleciona não passa nem perto dessas porcarias.

4 – Um peso, duas medidas

A Fox do Brasil trata as locadoras (que pagam um absurdo pelos DVDs de locação) e os colecionadores (que hoje em dia não pagam nada, pois não compram DVD em Slim) de maneira totalmente diferente: para locação, os filmes não possuem embalagem fininha (são em estojo e capa normal). Para venda direta, os DVDs estão numa das piores embalagens que existe.

O Slim iniciou sua trajetória em DVDs de filmes no dia 10 de março de 2008 no lançamento de “Simpsons – O Filme”. Na época, o filme também chegou em Slim para as locadoras, que rejeitaram a embalagem com todas as forças, já que seus clientes classificaram o filme de “pirata”. E isso, obviamente, pegou muito mal para os estabalecimentos.

A partir disso, a Fox fez do limão uma limonada: para ter a embalagem normal, as locadoras teriam que pagar o preço de rental, sem saída. Mais uma vez, a visão de lucrar mais de qualquer maneira comandou, criando mais uma aberração no mercado de home video brasileiro.

5 – Edições definitivamente requentadas

E para fechar, a produtora da raposa esperta lançou no mercado brasileiro edições classificadas como definitivas, mas que são IDÊNTICAS as edições NORMAIS anteriormente lançadas. Isso acompanhado de descrições falsas e que induzem ao erro na compra pelo consumidor. Em abril de 2008 o colaborador Bruno Arrienti fez um levantamento e mostrou que de 27 ediçoes lançadas sob o título de definitivas, apenas NOVE eram inéditas. TODAS as outras foram relançadas com novas embalagens, porém com OS MESMOS DISCOS, absolutamente requentadas.

Se você quer uma prova cabal desse requentamento absurdo, veja o post sobre a edição de Cruzada, enviada por um leitor do BJC.

Então faremos um boicote contra a Fox?

A resposta é NÃO. A situação agora é diferente daquela que adotamos contra a Warner. A maioria dos colecionadores brasileiros já boicotam os produtos da Fox voluntariamente há quase dois anos, desde o lançamento do Slim. Também não faria sentido deixar de comprar os boxes de séries da Fox, o que levaria a uma situação ainda pior para que elas voltassem a ser lançadas.

Mas então o que faremos?

Temos agora que fixar a idéia de que a Fox é a pior produtora do Brasil, através de uma manifestção ordeira e baseada na informação. Divulgue isso para outros amigos colecionadores em sites que trabalhem com matérias de filmes e séries de TV. Não será tão fácil como o boicote, mas pode trazer o mesmo resultado.

Como não poderia deixar de ser, também vamos dar aquela cutucada nos executivos estrangeiros, afinal são eles que tem o poder, e precisam ficar cientes do que está acontecendo.

Dessa vez vamos nos comunicar apenas com um executivo (pelo que li é gente boa, participia de eventos de colecionadores e fãs nos EUA):


Peter Staddon –
Vice Presidente de Marketing da 20th Century Fox

Contato: peter.staddon@foxhome.com

E para isso é só copiar e colar o texto abaixo, que teve a tradução, mais uma vez, do nosso leitor Rodrigo Barros:

Título:

Fox Brasil (varie para evitar filtros)

Mensagem:

Dear Peter Staddon

Through this, I intend to let you know that Fox do Brasil was chosen as the country’s worst manufacturer on a recent poll on the Internet. The Brazilian branch has been treating Home Video consumers with great disrespect since 2006, according to facts we list below:

Since the above date, Fox do Brasil started a process of interrupting TV series releases on DVD. Today, it is the company that most discontinued series (11 in total). Therefore, 30 seasons have not been released, frustrating thousands of consumers and fans. Today in Brazil, Fox discriminates the sell-thru market releasing movies in the “Slim” packaging, incapacitating the product as a collectible; releases DVDs in paper packaging and makes old editions available with new descriptions in order to mislead the consumer.

I am sending this e-mail to clarify that this kind of behavior does not suit the company’s history, which up until 2005 had a superior level of quality, and today tries to fight piracy stooping to the same level, incapacitating its products in a pathetic way, never before seen in the Brazilian Home Video market.

The Rental market in Brazil is very bad, as you probably already know by the reports sent to you by your branch. Therefore, the only resort for the collectors and fans (who are faithful to the original product) is to for you to invest in quality products and in us. I hope a reversal of this situation can happen, as it is deeply regrettable.

Fox should worry about how its brand is being seen throughout the world. And I know have the proof that, presently, your company is the worst manufacturer in Brazil because of the facts listed above.

Thank you for your time,

[NOME DO COLECIONADOR]

Texto em português:

Prezado Peter Staddon:

Venho através deste comunicar que a Fox do Brasil foi escolhida como a pior produtora do país em recente consulta popular na internet. A filial brasileira vem tratando os consumidores de Home Video com grande desrespeito desde o ano de 2006, fatos esses que listamos abaixo:

Desde esta data a Fox do Brasil iniciou um processo de interrupção de lançamentos de séries em DVD. Hoje a empresa é a que mais descontinuou séries (11 ao total). Com isso, 30 temporadas deixaram de ser lançadas, frustrando milhares de consumidores e fãs. Hoje no Brasil, a Fox descrimina o mercado de venda direta, lançando filmes em embalagem Slim, que desqualifica o produto como colecionável, lança DVDs em envelopes de papel e coloca no mercado edições antigas com descrições novas para induzir o consumidor ao erro.

Estou enviando este e-mail para deixar claro que esse tipo de atitude não condiz com a história da empresa, que até o ano de 2005 tinha um nível de qualidade superior, e hoje tenta combater a pirataria se colocando no mesmo nível, desqualificando seus produtos de forma patética, nunca antes vista no mercado de home vídeo brasileiro.
O mercado de rental no Brasil está muito mal, como vocês já devem saber pelos relatórios enviados pela sua filial. Portanto só restam agora os colecionadores e fãs (que são fiéis  ao produto original) para que estes números se estabilizem, ou pelo menos parem de cair. Não há saída para esta situação a não ser investir em produtos de qualidade e em nós, colecionadores. Espero que ocorra uma reversão desta situação que é profundamente lamentável.

A Fox deve se preocupar como seu nome está sendo visto pelo mundo afora. E tenho a prova agora que atualmente a sua empresa é a pior produtora do Brasil pelos fatos listados acima.

Obrigado,
[NOME DO COLECIONADOR]

Eu já enviei o meu e-mail (inclusive pra testar o endereço que está ativo). Espero que vocês também façam o mesmo e divulguem o movimento #MeRespeiteFox (frase criada pelo Ale Rocha) em todos os canais possíveis.

Depois de divulgar, coloque o link do post ou tópico aqui nos comentários.

Como é de costume, vamos criar um estímulo para que as coisas aconteçam mais rapidamente. Todos que estiverem cadastrados no IntenseDebate e publicarem link deste post em outros lugares estarão concorrendo ao melhor box de série de 2009: Lost 5a temporada em DVD!

Para comprovar a postagem e estar apto a concorrer ao sorteio, comente aqui neste post colocando o link do site, Twitter, comunidade etc onde você divulgou o movimento.

Vamos lá! E não esqueçam: #MeRespeiteFox . Vamos tentar reverter esse quadro, e quem sabe ainda dá tempo de Avatar NÃO SER lançado em Slim no Brasil (entre outras coisas).

---------------------------------------------
Blu-rays preferidos pelos leitores do BJC (todos com legendas em português brasileiro):

Dificuldades em comprar na Amazon.com? Visite o nosso Guia de Compras no Exterior!

Categorias: DestaqueDVDProtestos

Tags: , , , , ,

Sobre o autor

Jotacê é viciado em DVDs desde 2004 (começou tardiamente, na idade do metal discóide furado). Hoje em dia compra poucos DVDs para investir mais nos discos do raio azul (que coleciona desde 2008). Resolveu ter um site em 2008 para que fosse possível publicar tudo o que pensava sobre os disquinhos lançados no Brasil. E cá estamos nós! Twitter | YouTube | Flickr | Coleção