BJC Debate: artes das capas dos DVDs e BDs

Nota do Jotacê:

Este post é uma ampliação de uma ideia iniciada pelo nosso colaborador Wiz lá no HT Forum, e que resolvemos trazer para cá com o intuito de debater com vocês, já que colecionador de verdade gosta de discutir TUDO o que envolve a coleção, inclusive a arte das capas de seus DVDs e BDs!

Postervscapas

Vejo sempre matérias no Blog que buscam exaltar as edições com embalagens especiais, luxosas etc. Entretanto, nunca vi qualquer comentário a respeito de um outro detalhe de embalgem que me incomoda muito mais. A ausência do poster original na arte da capa e, pior, a substituição por precárias, ridículas, nível gráfico infanto-juvenil montagens by Photoshop. Sem falar na omissão das taglines originais, aumentar a fonte do título e passá-lo pra cima, inclusão dos ridículos critics quote etc.

Bem, imagino que a maioria deve estar pensando “que raios ele está falando, eu nunca notei nada de errado”.

Na verdade não é questão de errado em si, mas de mau gosto (na minha opinião). Vamos logo à questão: o que me deixa indignado é o fato das produtoras, na maioria das vezes, ao invés de usarem o poster original na capa dos discos (seja DVD, BD ou que for) estão usando porcas montagens, sendo que 90% das vezes são as famigeradas “cabeças voadoras” (flying heads como o pessoal se refere lá fora).

A Sony e Disney e FOX são disparados as piores, enquanto a Warner e Paramount até esforçam pra manter o poster original (mas não é sempre).

E eu imagino que se o poster original serviu perfeitamente para “vender” o filme no cinema, por que eles se dão ao trabalho e de mandar alguém desenvolver uma porcaria de capa nova estampando a cabeça dos atores de todo o tamanho na frente da capa e isso a um novo custo claro. O pessoal lá de fora acredita que os estúdios devem achar que isso chama mais a atenção do consumidor comum (o famoso joe 6-pack dos americanos), provocando uma reação do tipo “ah olha aqui quem tá nesse filme, vou levar”.

Bem, eu até entendo essa ser uma razão, mas vejo mais pontos negativos. Digo isso pq, mesmo os posters originais costumam apresentar os atores de uma certa forma com no mínimo a indicação do nome. Será que eles acham que as pessoas não enxergam direito? Tem ainda o fato de uma arte bonita, instigar mais curiosidade em relação ao filme do que as montagems podres que eles fazem. E como pode ser visto nos exemplos abaixo, não basta os caras estamparem as cabeças de todo tamanho, ainda põe todo mundo com cara que de quem comeu e não gostou.

Em resumo, o fato é que tendo um respaldo de maior retorno com isso ou não, essa prática é cada vez mais comum e de fato parece que foi um efeito que surgiu com a populariação do DVD e com ele, o de colecionar filmes como se coleciona discos de música (prática que antes era relegada à uns poucos colecionadores). Um fato que comprova bem isso, é que esse problema não acontecia com a capa dos VHS nem dos LDs nem mesmo dos primeiros DVDs. Como mostro nos exemplos, as primeiras edições costumavam apresentar o poster original e nas edições especiais que foram saindo com o tempo (e que por serem especiais, ai mesmo que deveriam caprichar na arte) que a coisa desandou.

Pra piorar, tem as citações de críticos que colocam na capa. Putz, detesto isso! Já não to nem aí pra opinião de crítico e ainda por cima se já comprei o filme, pra que eu vou querer saber o que fulano de tal falou sobre o filme (tem ainda o fato que jamais vão colocar uma citação negativa na capa). Não bastasse isso, eles ainda costumam tirar as taglines originais (aquelas “frases efeito”), pra por nota de crítico no lugar.

Ah.. tem tb o fato de querer “rejuvenecer” filmes antigos dando novas spiffy montages pra parecer algo recente. Na minha opinião só faz piorar.

Inclusive existem inúmeros casos que o pôster original já traz flying head (mas nunca vi com essas caras toscas), mas são “atualizados” para imagens mais toscas em home vídeo. Aliás, no caso de flying heads em geral as montagens são muito boas e nunca vi uma que traga essas caras de diarréia. Por exemplo, A Few Good Men e quase todos os do Cruise (Days of Thunder, Minority Report, Last Samurai etc), Pearl Harbor, The Patriot, Ramson (embora nesse não seja tecnicamente um flying head, pois não fazem um fade na linha do pescoço, mas sim um close up). Falando no Patriot, esse ta exemplificado lá no Wiz Covers, o poster original Fllying Head e de muito mais bom gosto que a montagem tb flying head utilizada no primeiro lançamento em DVD. E curiosamente, na última edição (edição estendida) e no BD voltaram atrás e fizeram uma arte mais no estilo tradicional de pôster cinematográfico, que embora não traga flying head, não deixa de focar e dar destaque ao ator.

Também não discordo que o público europeu e asiático na média ter um nível cultural superior ao americano, mas outra coisa é ser mais burro ou enxergar menos. Pois como disse, a imensa maioria dos posters originais já traz os atores e os nomes, rsss… portanto, não faz menor sentido isso, rsss duvido que qualquer ser humano venha preferir uma dessas montagens toscas colocadas lado a lado com a arte original. Mas qual a razão disso? Será os europeus e asiáticos são mais inteligentes que o resto e “sabem” reconhecer o filme pelo poster original? Ou será que tem um gosto mais refinado e não tolerariam esse tosqueiras que fazem na capa para os americanos?

Ou seja, acho que ao se fazer isso está se dizendo que as pessoas são burras, cegas ou tem mal gosto naturalmente; pois não vejo outra explicação lógica.

Pra ilustrar e não ficar no vazio vou mostrar alguns exemplos mais absurdos Vamos aos exemplos. Mas praticamente qualquer DVD hj em dia sofre desse “mal”:

Open Range

O belo e instigante poster orignal:

Vira isso em DVD:


“Cabeças Voadoras” com todo mundo de cara amarrada

In The Line Of Fire

O simples, mas eficiente poster orignal:

Relativamente bem representado no DVD antigo de 1998 (emboja já tenha um critic’s quote intruso ali):

Vira um dos “melhores” flying heads de todos os tempos na edição especial. Com direito a tudo mundo com cara de quem tá apertado pra ir ao banheiro (essas são logo as 2 piores fotos da cara do Estwood ou o quê?)

The Last Shot

O caprichado poster original, com interessante tagline:

Vira um “empolgante” cabeças voadoras com a “fabulosa” citação “dois polegares pra cima“‘

Last Action Hero

O divertido poster original:

Vira uma das montagens mais toscas que já vi, com direito cabeçorra com cara esquisita, e o “famoso” fogo artificial no fundo. Mais Photoshop podre que isso, acho que não tem jeito:

Ou tem? Veremos adiante!

Na Japão mantiveram o poster original numa luxuosa embalagem Superbit (que também é infinitamente mais elegante que o padrão americano e por tabela, brasileiro)

Na Europa não foi mal de tudo, pelo menos usaram uma aproximação do teaser poster (melhor que nada)

Teaser poster:

Bad Boys

O legal poster orginal:

Perfeitamente representado no DVD antigo:

Na última edição especial, escapa do ‘cabeças voadoras’, mas nao escapa da montagem Photoshop tosca. Será que esse barra o Last Action Hero? Tem de tudo aqui, pose estranha, velha explosão artifical ao fundo, fontes alteradas:

Men In Black

Não é nenhum primor de arte, mas serve bem à contextualização do filme:

Primeira tentativa em DVD

Se essa não é uma das piores capas de todos os tempos, qual será?

Segunda tentativa

Flatliners
Ahh, a velha tentativa de “atualizar” os filmes

O ótimo poster original (totalmente no clima do filme e da época, o que acho muito importante):

Bem preservado ainda no primeiro DVD de 98 (ilustrativamente, essa é a versão européia que tem o problema dos logos de censura na frente, mas o R1 e nosso R4 tinha essa mesma capa sem os logos)

Ganha agora uma ‘emocionante cara de terror teen direct-to-video lançado semana passada’ em BD e no novo DVD. Flying heads de oitava categoria.


No europeu como sempre, temos uma melhor apresentação

Pra finalizar as ‘mais recentes grandes produções do cinema americano’


Esse é o último grande lançamento do Jerry Bruckheimer ou The Guns Of Navarone de 1961?


E esse é o último thriller de suspense baseado num obra de John Grisman ou o filme Preto & Branco vencedor do oscar de 54?

Pra piorar, no caso brasileiro, tem a péssima qualidade de papel e de impressão das nossas capas. Qualquer um com títulos da Fox ou Universal/Dreamworks, pode verificar a porcaria de papel fininho, que enruga todo com o tempo e constuma ser ilegível (ou pq está borrado ou apagado) na parte de trás da capa, principalmente nos logos e nos textos de direitos legais.

Lembre-se que, como disse lá no início, a Warner (e a Paramount em menor escala) quase sempre utiliza a arte original, mesmo nos filmes antigos (com aquelas bonitas artes desenhadas) e nunca ouvi falar que os filmes deles sejam afetados por vendas menores. Muito pelo contrário, como sabemos, ela foi líder de mercado por muito tempo e uma das pioneiras na apresentação de clássicos e talvez a grande responsável pela revitalização do interesse e das vendas desse tipo de filme.

Para encerrar, continuo achando que tudo isso é fruto de algum executivo que achou que teve uma idéia brilhante para alavancar as vendas e na falta de dados mais representativos e confiáveis foi imitado por outros e a tendência se espalhou (embora não tenha se consolidado plenamente, vide a Warner e os lançamentos internacionais).

E você, o que acha disso tudo? Prefere o apelo das cabeças voadoras? Uma arte mais fiel ao poster do filme? Ou pra você não faz diferena alguma?

Opine nos comentários!

-----------------

Blu-rays com legendas em português:




Dificuldades em comprar na Amazon? Visite o nosso Guia de Compras no Exterior

Categorias: DestaqueProtestos

Tags: , ,

Sobre o autor